Roteiro de viagem ao Chile – 12 dias com Santiago, Farellones e Pucón

Roteiro de viagem ao Chile, 12 dias de imersão em algumas das principais cidades do país. Tem vinho, tem neve, tem ponto turístico, vista de tirar o folego e até banho termal neste roteiro. Não conheci o país de cabo a rabo, 12 dias não foram suficientes para isso. Mas nessa viagem pude aproveitar muito deste país tão vibrante.

Informações básicas sobre o Chile:

visto de turista para brasileiros é concedido no balcão da polícia federal lá, logo após o desembarque. Para entrar no país é necessário ter em mãos o passaporte válido por 6 meses considerando a data final de sua viagem ou a carteira de identidade com emissão feita nos últimos dez anos. Não é necessário ter nenhuma vacina específica nem é obrigatório ter seguro viagem, apesar de eu não recomendar você embarcar sem seguro viagem, um risco muito alto.

Pra comprar um bom seguro viagem, eu recomendo meu parceiro Seguros Promo, melhor tarifa do mercado e usando o código TURISTANDO5 você ganha 5% de desconto. Se você escolher algum que tenha uma cobertura básica já está bem assistido, ta aqui um que gosto muito: Assist Card 35K.

língua é o espanhol e dá pra se virar bem com português, especialmente em locais turísticos. A moeda é o peso chileno, um pouco desvalorizada frente ao real, então se prepare para ter milhares de pesos na carteira. Recomendo trocar o dinheiro antes de viajar aqui mesmo no Brasil, em minhas duas viagens compensou bem mais. Eu gosto muito da Flexchange e Sr Moeda.

Como montar seu roteiro de viagem em Santiago do Chile

Cidades turísticas no Chile:

Vou listar aqui as principais cidades turísticas no Chile, esse roteiro contém apenas algumas delas. Por ter feito uma viagem de apenas 12 dias eu não consegui conhecer o país todo. Para explorar toda essa listinha abaixo, recomendo uma viagem de 25 a 30 dias. Alugando um carro e usando vôos dá pra aproveitar bem e conhecer o Chile de ponta a ponta.

Aluguel de carro mundo afora com até 60% de desconto, parcelamento e pagamento em reais.

A lista segue um itinerário que eu entendo ser o ideal, vou separar as cidades em blocos e indicar como ir de uma a outra:

Santiago – cidade base para conhecer as regiões abaixo com passeios bate e volta
Viña del Mar e  Valparaíso
Vinhedos; Casablanca, Maipo e Colchagua
Valle Nevado, Farellones, La Parva ou Colorado

Vinícolas em Santiago e as regiões produtoras de vinho no Chile

Calama – cidade base para conhecer San Pedro de Atacama (voando de Santiago)

No bloco abaixo, todas as cidades são próximas e podem ser usadas como base. O ideal é alugar um carro e ir explorando cada uma delas:

Temuco – primeira cidade do bloco (voando de Calama ou Santiago)
Pucón
Villarica
Valdivia
Osorno
Puerto Montt  e Puerto Varas

Meu roteiro ideal pelas principais cidades do centro do Chile

Ilha de Páscoa (voando de Puerto Varas com conexão em Santiago)

Torres del Paine – Patagônia

Roteiro de 12 dias de viagem pelo Chile
(Santiago, Farellones, Viña del Mar, Valparaiso, Temuco, Pucón + vinícolas):

Dias 1 e 2 – Santiago
Dia 3 – Santiago – Viña del Mar e Valparaiso
Dias 4 e 5 – Santiago – Vinícolas
Dias 6, 7 e 8 – Neve – Farellones ou Valle Nevado
Dia 9 – Temuco
Dia 10, 11 e 12 – Pucón

Durante os cinco primeiros dias de sua viagem, use Santiago como cidade base e vá conhecer a região ao redor. Eu fiz essa viagem duas vezes e foi maravilhosa. Se você tem pouco tempo e deseja conhecer o Chile, ta aqui uma sugestão de viagem ideal. Vou listar abaixo TODOS os links dos artigos que você precisa ler pra planejar esses 5 primeiros dias.

O que fazer em Santiago do Chile e um roteiro de 5 dias

Onde ficar em Santiago do Chile

Onde comer em Santiago do Chile – meu roteiro gastronômico 

Sky Costanera em Santiago do Chile, uma das principais atrações da cidade
Relógio de flores em Viñ del Mar
Viña del Mar
Vista da praça Pablo Neruda em Valparaíso
Conhecendo a vinícola Concha y Toro

Dias 6, 7 e 8 – Neve – Farellones ou Valle Nevado – VIAJANDO NO INVERNO

Se sua viagem ao Chile será durante o inverno, entre os meses de junho e agosto, acho válido incluir uma experiência na neve. Você pode fazer algo rápido como um bate e volta saindo de Santiago, ou você pode se hospedar no alto da montanha e vivenciar esse clima típico e delicioso. Eu AMEI passar algumas noites com neve caindo na janela, esquiar e tomar vinho vendo a neve cair.

Passeio bate e volta ao Valle Nevado e Farellones saindo de Santiago

Saindo de Santiago você tem quatro opções de cidades na montanha com estações de esqui, hotéis e boa infra. São elas, por ordem de baixo pra cima, Farellones, La Parva, El Colorado e Valle Nevado. A grande maioria das pessoas vai direto pro Valle Nevado, eu não quis fazer isso pois achei muito caro e tinha a sensação que estaria tudo lotado.

La Parva e El Colorado possuem pistas de esqui mais profissionais e essa seria minha primeira vez esquiando. Então optei por Farellones e não me arrependo nenhum pouco, me apaixonei por esse lugar. Nos hospedamos na Pousada Farellones, um lugar lindo, aconchegante e que te proporciona uma experiência completa de estar no topo da montanha.

A pousada oferece transporte de/para a estação de esqui de Farellones, café da manhã e jantar. Sem contar o espaço super aconchegante onde os hóspedes podem esticar as pernas, bater papo e tomar um drink cortesia antes do jantar, tudo isso aos pés de lareiras de madeira.

Já na estação de esqui, recomendo chegar cedo para alugar roupas e acessórios para esquiar ou fazer snowboard. Você pode contratar uma aula caso não saiba esquiar. Há duas pistas, uma simples para iniciantes (onde fizemos a aula) e outra mais ingrime porém ainda bem básica. Se você já é profissional talvez fique entediado por aqui.

Além de esquiar você pode apreciar a vista do restaurante tomando um bom vinho e comendo as deliciosas empanadas chilenas. Acesse o site oficial para informações de preços, horários etc.

É desse clima que eu falo <3
Nevou MUITO nos dias que estávamos lá e foi delicioso
Nosso quarto e a janela branquinha rs
Essa sensação de apreciar a natureza, relaxar e curtir a neve caindo na janela é DEMAIS!!
Panacota com frutas vermelhas, jantar divino no hotel Posada Farellones
E tem esse cachorro mais fofo do mundo que fica em frente a pousada todos os dias <3
O caminho entre a pousada e a estação de esqui é esse. Recomendo fazer o trajeto caminhando pelo menos uma vez.
Estação de esqui de Farellones
Mesas na área externa do restaurante que fica na estação de esqui
Marido modelo rs. Ainda na área externa do restaurante.
Veja que há uma pista mais ingrime e ao lado (pra trás do meu marido) é uma pista que faz mais curvas e é bem simples.

Dia 9 – Temuco

Temuco tem poucas atrações turísticas mas é uma cidade bem próxima a Pucón. Com isso usamos essa cidade como nosso local de descanso, chegamos em Temuco bem na metade da viagem e o que fizemos por aqui foi descansar e ir as compras. Mas o que tem pra fazer em Temuco? Há basicamente uma praça central com lojas de departamentos e restaurantes, um mirante para ver a cidade do alto (Cerro Nielol), o Casino Dreams, um museu ferroviário e algumas igrejas muito bonitas.

De coração, vou compartilhar minha experiência e se a sua for diferente me conte!! Eu cortaria essa cidade de meu roteiro. Não achei graça nenhuma 🙂

Dia 10, 11 e 12 – Pucón

Pucón é uma cidade aventureira e cheia de coisas legais pra se ver. Fomos até ela durante o finalzinho do inverno e foi uma experiência bem gostosa. Deu pra conhecer as atrações turísticas e tomar banhos termais quentinhos. Se você pretende se jogar em todos os esportes radicais que a cidade oferece, recomendo visita-la no verão.

Primeira dica aqui é para o hotel, nos hospedamos no Hotel Malalhue. Simplesmente lindo!! Todo de madeira, com vistas para o jardim, cama aconchegante, banheiro com piso aquecido e um café da manhã caseiro delicioso.

E o que tem para fazer em Pucón? Mesmo que você não seja aventureiro (que é o meu caso) vai curtir muito a cidade, dá pra conhecer tudo nesses três dias, bem tranquilamente. Bom vamos lá, vou listar o que fazer dia a dia.

Foto divulgação Hotel Malalhue

Dia 1 – City Tour

Aproveite o dia da chegada em Pucón para conhecer a cidade, passear pelo centrinho, tirar fotos com o vulcão Villarica ao fundo e curtir o clima. É um destino extremamente turístico então o centro está lotado de lojas, restaurantes, cafés etc. Há também a Casa de la cultura de Pucón, que conta um pouco da região e fica de frente pro lago Villarica, que também é uma atração turística.

Vulcão Villarica visto do centro de Pucón

Dia 2 – Ojos del Caburga e Termas de Huife

Neste dia recomendo contratar um passeio particular ou alugar um carro para conhecer o lago de Caburga. Neste lago está a famosa atração Ojos del Caburga, um lago com uma cor azul incrível, parece petróleo em alguns dias de chuva e parece Caribe em dias ensolarados. Há uma trilha pra chegar até o lago mas é bem suave.

Depois siga para as termas de Huife, onde você paga um valor fechado e passa o restante do dia relaxando nas piscinas quentes. Há uma piscina interna e uma externa, acredita-se que as águas termais têm o poder de cura. Em Huife você também pode tomar um café bem gostoso antes de voltar pro hotel. Para quem deseja aprofundar mais ainda essa experiência, pode optar por se hospedar no hotel Huife. Acesse o site oficial das termas Huife para verificar tarifas e horários.

Ojos del Caburga em dia de chuva
Termas de Huife

Dia 3 – Parque Nacional Villarica

Com o carro que você alugou ou com outro passeio privativo, vá passar o dia no Parque Nacional Villarica. Caso você tenha interesse em fazer um trekking pelo vulcão precisa se planejar com antecedência, use seu primeiro dia em Pucón para contratar esse trekking pelo centro. Mas se você é da minha turma de sombra e água fresca, leve uma cesta de queijos, vinhos e uma toalha para fazer um piquenique enquanto aproveita a vista do vulcão e as belezas naturais do parque.

Bom pessoal, essa foi a minha experiência no Chile pra conhecer um pouco mais além de Santiago. CLARO que eu já estou doida pra voltar e conhecer cada canto desse país maravilhoso. A lista de cidades que menciono neste artigo é, basicamente, minha wishlist rs.

Siga o blog pelas redes sociais:   

Planejando sua viagem em parceria com o blog:

bookingReserve seu hotel através da Booking.com, são milhares de opções no mundo todo com garantia dos melhores preços. Cancelamento gratuito, pagamento antecipado e confiança de uma empresa com mais de 20 anos atuando com reservas de hotéis

Seguro Viagem com a Seguros Promo. As melhores empresas do mercado, cobertura em todos os continentes, para todas as idades e com os melhores preços. Digite o cupom TURISTANDO5 ao realizar sua compra através dos links aqui do blog e ganhe 5% de desconto. 

cxbncv7e0ug4s8cAluguel de carro no mundo todo, com descontos de até 60%, em 12x sem juros e sem cobrança de IOF através da RentCars. Ela compara todas as operadoras atuantes de seu destino oferecendo melhores tarifas e condições. Flexibilidade e segurança para suas próximas Road Trips

Get Your Guide é uma opção que tem TUDO para sua viagem e com melhores preços; tours privados, transfers, ingressos fura filas, experiências e muito mais. Só o ingresso? Eles tem! Ingresso com transporte? Eles tem! Uma experiência completa por determinada região? Eles tem!

viator Tours guiados e privados, transfers e ingressos com a Viator Tours. Sua viagem toda organizada e independente com a Viator, a maior parte dos passeios são privados ou pequenos grupos, saída e retorno do seu hotel incluindo ingressos e transporte. Experiência completa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.