Vinícolas em Santiago e as regiões produtoras de vinho no Chile

Vinícolas em Santiago do Chile e como funcionam as regiões produtoras de vinho no país. Neste post vamos falar sobre  as melhores vinícolas para se conhecer perto de Santiago, como chegar a cada uma delas e um pouco mais sobre os vinhos chilenos. É um país que vem crescendo muito sua produção e se tornando cada vez mais conhecido mundialmente.

 

Como é a produção de vinho no Chile?

O Chile possui 6 regiões produtoras de vinhos ao longo de todo seu território. As regiões listadas abaixo são áreas macro, dentro de cada uma delas há diferentes vales produtores. Por exemplo, a vinícola Emiliana fica dentro do Vale de Casablanca que na realidade está dentro da região do Aconcágua.

  • Atacama
  • Coquimbo
  • Aconcágua (inclui Valle de Casablanca)
  • Valle Central (inclui Valle de Maipo e Colchagua)
  • Região Sul
  • Região Austral

O site da Wine Folley tem um mapa que ilustra perfeitamente essa distribuição, esse mapinha inclusive é vendido pelo site, achei bem legal. Veja aqui o mapinha. Bom, o país produz vinho pra caramba pelo que você pode ver né?! Abaixo a listinha de uvas que você pode encontrar ao longo de todo território chileno:

  • Cabernet Sauvignon
  • Chardonnay
  • Sauvignon Blanc
  • Bordeaux
  • Carménère
  • Syrah
  • Pinot Noir

Leia mais: Onde ficar em Santiago do Chile – dicas de bairros, hotel e apartamento

Quais regiões são interessantes de se conhecer?

Atacama ainda é uma região onde os vinhos são experimentos, alguns entusiastas estão se arriscando no solo seco, com baixas temperaturas e muito sal vindo das montanhas. O que estão encontrando é uma ótima qualidade e frescor dos vinhos Sauvignon Blanc produzidos por lá.  Coquimbo também sofre com o clima do norte do país, seu forte são os vinhos de mesa e as plantações de uvas para produção de pisco.

Eu só recomendo visitar essas regiões se você for muito apaixonado por vinhos ou se já estiver por lá e quiser aproveitar. Mesma coisa para a região Sul e Austral, não são grandes exemplos de produção de vinho mas estão tomando proveito de suas condições climáticas para produzir bebidas diferenciadas.

Aconcágua e Valle Central são as principais regiões produtoras, as mais turísticas e com melhores vinhos. Dentro do Aconcágua está o Valle de Casablanca que produz deliciosos brancos, a região está se tornando um referência em Chardonnay. Dentro do Valle Central estão as regiões de Valle de Maipo Valle do Colchagua, ambas muito conhecidas e com enorme produção de vinhos tintos.

Vinícola Santa Rita no Valle de Maipo
Degustação na Santa Rita em uma cave com vinhos históricos
Esses foram os três vinhos que degustamos na Santa Rita

Quais são as principais regiões/vinícolas à partir de Santiago? Como conhecê-las?

As três regiões mais procuradas e de fácil acesso para se conhecer à partir de Santiago são:

—> Valle de Casablanca

O Valle Casablanca está na metade do caminho entre Santiago e Viña del Mar // Valparaíso (cerca de 80kms de Santiago), duas cidades turísticas que merecem entrar pro seu roteiro de viagem. Minha sugestão é alugar um carro saindo de Santiago, desembarcar em Casablanca, passar o dia explorando as vinícolas, dormir uma noite no belíssimo La Casona que fica dentro do vinhedo Matetic. No dia seguinte siga pra Viña del Mar e Valparaíso pra explorar as duas cidades.

Principais vinícolas para se conhecer no Valle de Casablanca: Indómita, Emiliana, Matetic Vineyards (onde recomendo dormir), Viñamar Casablanca, Casas del Bosque e William Cole Vineyards.

A região é super conhecida pela produção de vinhos brancos; Chardonnay e Sauvignon Blanc. Uma segunda dica é contratar um passeio ou motorista para ir até as vinícolas caso você não tenha um “motorista da rodada”. Se você prefere fazer um bate e volta de Santiago (que é uma excelente opção), segue minha recomendação de tour:

Vinícolas Emiliana e Indómita: Excursão e Degustação

 

Foto divulgação Vinícola Indómita

—> Valle de Maipo

Essa é a região mais próxima de Santiago, cerca de 50kms do centro da cidade. Também é a região com mais vinícolas produtoras de Cabernet Sauvignon e preparadas para receber turistas. Recomendo contratar um passeio bate e volta de Santiago que inclua pelo menos duas ou três delas.

Principais vinícolas para se conhecer no Valle de Maipo: El Principal, Concha y Toro, Aquitania, Causiño Macul, Santa Rita, Tarapacá, Almaviva e Undurraga.

Para quem quer conhecer a Concha y Toro por conta, sem inclui-la em passeios guiados, tenha em mente que o trajeto de ida e volta + o tempo do passeio vai levar uma manhã ou uma tarde toda, eu particularmente não recomendo. Acho mais interessante reservar um dia de vinícolas do Valle de Maipo. Seguem minhas sugestões de passeios abaixo:

De Santiago: Excursão de Vinhos no Vale do Maipo – Concha y Toro, Santa Rita e Undurraga

Excursão Particular Vinhedos Aquitania e Cousiño Macul

Uma das degustações da Concha y Toro ocorre nesse lindo espaço
Caminhando pelas parreiras da Concha y Toro
Segunda degustação da Concha y Toro com essa vista incrível
Degustação dos vinhos Marquês de Casa y Conha –  Concha y Toro

—> Colchagua

Essa é a região com maior prestigio internacional na produção de vinhos tintos, especialmente falando do Carménère e Cabernet Sauvignon. Ela fica a cerca de 130kms de Santiago e é onde está um dos mais belos eno-hotéis chilenos, o Vik Chile. Ele tem uma arquitetura belíssima e quartos com vistas para as parreiras. Se você tem tempo, recomendo alugar um carro saindo de Santiago, explorar as vinícolas e dormir no Vik ou em algum hotel na cidade de Santa Cruz, base dessa região. Outra opção é o passeio bate e volta abaixo:

De Santiago: Excursão à Rota do Vinho no Vale de Colchagua

Principais vinícolas para se conhecer em Colchagua: Casa Silva, Santa Cruz, Las Niñas, Vik, Viu Manent, Montgras e Lapostolle Clos Apalta.

Foto divulgação Viña Vik

Bom pessoal, acho que em resumo é isso. Eu ainda não fui a todas essas regiões e vinícolas mas pretendo cobri-las todas em breve. Fiz visitas a Concha y Toro e Santa Rita, amei ambas e estou doida pra voltar. Só não consegui seguir o roteiro que recomendo acima pois estava com meu bebê de apenas 5 meses na ocasião da viagem, pegamos leve pra ele ir se acostumando com esse mundão afora. Se tiverem comentários e sugestões sobre as vinícolas em Santiago do Chile mandem pra cá 🙂

Para acessar o review sobre minha visita as vinícolas em Santiago mencionadas acima e demais artigos sobre Santiago do Chile clique aqui. Tem um montão de coisa legal; roteiro turístico, roteiro gastronômico, dica de hotel etc.

Siga o blog pelas redes sociais:   

Planejando sua viagem em parceria com o blog:

bookingReserve seu hotel através da Booking.com, são milhares de opções no mundo todo com garantia dos melhores preços. Cancelamento gratuito, pagamento antecipado e confiança de uma empresa com mais de 20 anos atuando com reservas de hotéis

Seguro Viagem com a Seguros Promo. As melhores empresas do mercado, cobertura em todos os continentes, para todas as idades e com os melhores preços. Digite o cupom TURISTANDO5 ao realizar sua compra através dos links aqui do blog e ganhe 5% de desconto. 

cxbncv7e0ug4s8cAluguel de carro no mundo todo, com descontos de até 60%, em 12x sem juros e sem cobrança de IOF através da RentCars. Ela compara todas as operadoras atuantes de seu destino oferecendo melhores tarifas e condições. Flexibilidade e segurança para suas próximas Road Trips

Get Your Guide é uma opção que tem TUDO para sua viagem e com melhores preços; tours privados, transfers, ingressos fura filas, experiências e muito mais. Só o ingresso? Eles tem! Ingresso com transporte? Eles tem! Uma experiência completa por determinada região? Eles tem!

viator Tours guiados e privados, transfers e ingressos com a Viator Tours. Sua viagem toda organizada e independente com a Viator, a maior parte dos passeios são privados ou pequenos grupos, saída e retorno do seu hotel incluindo ingressos e transporte. Experiência completa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.