Roteiro pela Escócia: Edimburgo, Lago Ness e Inverness

Escócia é um país peculiar, tem muita história, muita tradição e muita cultura! Até o inglês deles é bem diferente do americano ou do britânico.. mas eu me apaixonei por lá. Cidades seguras, organizadas, com infraestrutura moderna que se mistura ao clima medieval. Recomendo fortemente coloca-la em seu plano de viagens pela Europa. Em nossa viagem de 20 dias pelo Reino Unido montei este roteiro pela Escócia de 5 dias incluindo Edimburgo, Lago Ness e Inverness, foi tempo suficiente para conhecer um pouco de cada canto do país.




Qual a melhor época do ano para conhecer a Escócia?

Eu recomendo planejar sua viagem entre Fevereiro (mais para o final do mês) e Agosto. Finalzinho do inverno até meados do outono, acho que a paisagem fica linda. Agora se você quer esquiar, ver neve e curtir o frio, então viaje entre Novembro e meados de Fevereiro.

Para animar a leitura do Roteiro pela Escócia: Edimburgo vista do alto do parque Calton Hill

Obrigatoriedades:

Visto: brasileiros viajando a turismo para a Escócia não precisam solicitar visto antes da viagem, ele é concedido no aeroporto. Você passa por uma rápida entrevista na imigração, explica o propósito da visita ao país etc. Você pode ser solicitado a apresentar documentação que prove seu discurso, então tenha em mãos as reservas de hotéis, passeios, apólice do seguro viagem, passagem de volta, cartões e dinheiro. 

Vacina e Seguro Viagem: não é necessária nenhuma vacina específica nem obrigatório ter seguro viagem. Porém o seguro viagem é altamente recomendado por dois motivos: pela segurança na imigração e também por estar protegido em outro país.

–> Não viaje sem seguro viagem e aproveite o DESCONTINHO!!! Para comprar seu seguro viagem em parceria com o blog e ainda ganhar desconto, basta clicar nos links da Seguros Promo aqui dentro do blog, fazer sua pesquisa e digitar o cupom TURISTANDO5 para ganhar 5% 

728x90

Como chegar até a Escócia:

Chegamos em Edimburgo via aérea voando Ryanair a partir de Dublin. Se você estiver dentro da Europa outra maneira deliciosa de chegar até lá é via trem. Aqui no site oficial da malha ferroviária escocesa você encontra todas as informações: preços, horários e de quais países você consegue ir direto. É um pouco mais demorado e pode ser mais caro do que os voos mas é também uma experiência bem legal. Recomendo chegar via Edimburgo ou Glasgow que são as duas maiores cidades e terão melhores ofertas em preços e horários, tanto de trem como de avião.

Sobre voar com a Ryanair: eu gosto muito dela pois as tarifas são excelentes, ainda mais comprando antecipadamente. Mas atenção pois nada está incluso na tarifa, nem uma leve malinha para despachar, nem se quer o check in no aeroporto (isso mesmo, check in gratuito somente online no qual você mesmo imprime o voucher). Então para tirar bom proveito é preciso se planejar e se organizar.  Além da Ryanair você pode buscar voos para a Escócia com a Easyjet, Fly Europe, Vueling e sempre acho válido dar uma espiadinha no Expedia.com e Farecompare.com.

Voos Ryanair: voando com a companhia low cost da Europa

Dica sobre o aeroporto em Edimburgo: a cidade oferece um transporte quase que 24 horas de/para o aeroporto até os principais bairros. É a linha 100 – Airlink e custa 9 libras, mas se você comprar o voucher ida e volta vai sair 16 libras. Ou você pode comprar um transfer privativo, uma boa opção para quem viaja com crianças.

Roteiro de 5 dias pela Escócia:

Dia 1 – Edimburgo

Nosso voo chegou bem cedinho em Edimburgo e por volta das 8am já havíamos deixado as malas no hostel e começamos o City Tour. Nos hospedados no Youth Hostel da cidade chamado Central Syha Hostelling, um albergue com carinha e qualidade de hotel mas aquele clima gostoso e bem descontraído. Ótimo para famílias, casais ou grupos mais sossegados.

Hospedagem em Edimburgo: Central Syha Hostelling

Para o city tour, fomos conhecer as atrações abaixo e exatamente nesta ordem. Fizemos a maior parte do trajeto caminhando pois não estava tão frio e a cidade é deliciosa pra isso. Se você não é da turma da caminhada, Edimburgo conta com o City Hop On Hop Off Bus que para em todos os pontos turísticos, eu adoro esses ônibus mas a cidade realmente nos convidou pra caminhada.

  • Calton Hill: lugar de onde você tem uma vista privilegiadíssima da cidade. Mas preparem as pernas pois a subida é tensa. Lá em cima você poderá contemplar a vista, conhecer o Monumento Nacional da Escócia e mais dois monumentos de Nelson e Douglas Stuart.
Topo do Calton Hill em Edimburgo
Topo do Calton Hill em Edimburgo
Topo do Calton Hill em Edimburgo
Topo do Calton Hill em Edimburgo

Curiosidade: Edimburgo é dividida em duas partes, Old Town onde ficam os prédios históricos e tem um clima medieval e New Town, uma parte mais moderna com uma arquitetura bem interessante. As duas estão separadas pelo Princess Street Gardens.

  • Princess Street: principal rua e a que faz a divisão entre New Town e Old Town. Aqui na Princess Street está a famosa loja de departamentos Jenners e muitas outras lojinhas de souveniers.
  • Princess Street Gardens: um lindo jardim de onde você pode tirar excelentes fotos do castelo que fica logo ao fundo. O jardim fica bem em frente a loja Jenners e nele está a Galeria Nacional da Escócia com um acervo em quadros e objetos muito interessante.
Monumento em Princess Street Gardens
Monumento em Princess Street Gardens
Galeria Nacional da Escócia mais de pertinho
Galeria Nacional da Escócia mais de pertinho
Ao fundo a Galeria Nacional da Escócia
Ao fundo a Galeria Nacional da Escócia
Castelo de Edimburgo visto de Princess Street Gardens
Castelo de Edimburgo visto de Princess Street Gardens
  • Castelo de Edimburgo: o castelo é sensacional. Construído durante a era do ferro no topo de uma gigante rocha, foi palco de eventos importantes ao longo da história e faz parte do patrimônio histórico do país. Uma atração imperdível. Recomendo a compra do ingresso antecipadamente no site para não pegar filas, no verão você pode perder uma horinha aguardando para entrar. Visite-o de dia mas não deixe de dar um pulo por ali após escurecer, a vista é mais incrível ainda.
Castelo de Edimburgo – Escócia
  • Royal Mile: esse é a principal área com carinha medieval em Old Town, ela fica logo na saída do castelo e passa por várias atrações, está sempre cheia de turistas, lojas, pubs etc. Recomendo passear pelas lojinhas que estão na Lawnmarket Street, tirar fotos de uma antiga igreja com arquitetura linda chamada The Hub e também entrar na St Giles Church. Visite também a Victoria Street que é linda, repleta de casinhas coloridas e onde está uma lanchonete que me surpreendeu por lá: The Oink. Sanduíches de carne de porco molhadinhos com um pãozinho super macio e um molho especial agridoce, muuuito saboroso!!
The Hub
The Hub
As lojas de souveniers vendem de tudo!!!
As lojas de souveniers vendem de tudo!!!
Pelas ruas de Royal Mile
Pelas ruas de Royal Mile
Essa é a Victoria Street
Essa é a Victoria Street
Sanduba do The Oink com uma pururuca
Sanduba do The Oink com uma pururuca
A carne de porco do The Oink
  • St Giles Cathedral: principal igreja da cidade que fica entre o castelo e o Hollywood Palace, a residência oficial da família real inglesa no país.
DSCN1748
St Giles Church
  • Greyfriars Bobby Memorial: o memorial é a estátua do cachorrinho Bobby, conhecido por ter sido o cão de guarda da cidade no passado. Diz a lenda que esfregar o nariz dele traz proteção eterna rs. Bem em frente ao memorial tem um Pub em homenagem ao Bobby, um ótimo local para uma “pint” e um descanso.
Estátua do cachorrinho Greyfriars
Estátua do cachorrinho Greyfriars
Greyfriars Pub
Greyfriars Pub
Cervejinhas tradicionais no Pub do Greyfriars
Cervejinhas tradicionais no Pub do Greyfriars

Dia 2 – Tour para Glencoe, Highlands (Inverness) & Lago Ness

Esse passeio sai bem cedo de Edimburgo (6am) e dura cerca de 11 horas. Extremamente recomendado para quem tem somente um dia livre para conhecer outras regiões do país pois ele passa pelas principais atrações. Logo na saída de Edimburgo você faz uma parada pela famosa Forth Railway Bridge, uma construção icônica e símbolo do país. Depois o passeio sobe para as terras altas (Highlands) rumo a Inverness e a paisagem em meio as montanhas que percorremos ao longo do caminho é sensacional!!

Visitamos a Escócia em Fevereiro que é bem no final do inverno, pegamos dias iluminadíssimos porém nem sempre é assim tão aberto. Vale dar uma checada na previsão do tempo para escolher o melhor dia para fazer esse passeio pois a paisagem é realmente o ponto alto do dia. Fizemos as seguintes paradas: Fort Augustus, Glen Coe, Inverlochy Castle e Loch Ness.

Em Glen Coe você vai aprender muito sobre a história da Escócia quando o guia contar a história do massacre da clã MacDonald que ocorreu ali em 1692. É uma parada para apreciar a paisagem e os três morros que foram cenários das batalhas. O passeio segue até o famoso Lago Ness mas no caminho são feitas inúmeras paradas para lugares belíssimos; lagos, montanhas nevadas, cafés e hotéis escondidinhos e muito mais.

Chegamos em Loch Ness no horário do almoço e com tempo suficiente para comer e fazer um cruzeiro a caça do conhecidíssimo Monstro do Lago Ness. O cruzeiro é bem legal, além de tentar ver o monstro, no passeio você aprende sobre a história do lago, sua formação e o que torna a água escura quase preta. Inclusive há um vídeo no barco que mostra o fundo do lago enquanto você navega, um passeio muito rico em informações e curiosidades.

Compramos o passeio com a Go Scotland Tours, quem já me conhece sabe que sou apaixonada pela Viator, meu parceiro oficial para tours, mas neste caso não encontrei um passeio tão completo com eles. Por isso recomendo a Go Scotland Tours. Fiz a compra pela internet e deu certinho.

A Viator já colocou esse tour a venda agora em 2017, quando possível eu opto pela compra com eles ao invés de comprar direto com as operadoras locais em virtude dos termos, condições e garantias. Então fica o link da Go Scotland Tours acima e abaixo o da Viator pra você escolher.

Loch Ness, Glencoe e The Highlands Tour

Sugestão: usamos Edimburgo como base para nossos passeios bate e volta, é uma cidade bem organizada, segura e mais voltada ao turismo do que Glasgow. Todos os principais passeios saem e voltam para Edimburgo, inclusive os passeios que vão até a Ilha de Skye e levam vários dias. Outro ponto que nos fez escolher Edimburgo foi a grande oferta para hospedagem, restaurantes e atrações turísticas.

Uma das pausas a caminho de Inverness – Escócia
Essa foi a rota que percorremos, dependendo da quantidade de neve pode ser alterada
Essa foi a rota que percorremos, dependendo da quantidade de neve pode ser alterada
Primeira parada: Inverlochy Castle
Primeira parada: Inverlochy Castle
Fort Augustus
Fort Augustus
O passeio realiza diversas paradas para fotos, ao fundo os morros de Glen Coe
O passeio realiza diversas paradas para fotos, ao fundo os morros de Glen Coe
Glen Coe e seus 3 morros, cenário do massacre dos MacDonalds
Glen Coe e seus 3 morros, cenário do massacre dos MacDonalds
Esse é um famoso hotel que muitos escoceses usam para descansar, bem pertinho de Glen Coe
Esse é um famoso hotel que muitos escoceses usam para descansar, bem pertinho de GlenCoe
Loch Ness
Loch Ness
Cruzeiro a caça do monstro do Lago Ness
Cruzeiro a caça do monstro do Lago Ness
Eu procurei o monstrinho mas não achei rs!
Eu procurei o monstrinho mas não achei rs!

Dia 3 – Tour para Stirling Castle, Loch Lemond e Glengoyne – Destilaria de Uísque

Esse tour é mais rápido, dá até pra programar alguma atividade noturna neste mesmo dia. O ponto mais interessante do passeio foi a visita a destilaria de uísque onde vimos todo processo de fabricação de um puro e single malte, Vimos o processo real mesmo: entramos na fábrica, abrimos os tanques onde a bebida é fermentada, passamos pelas salas de filtros e fechamos o tour com degustações e comprinhas na loja. Lojinha essa que tem de tudo: uísques, chocolates, biscoitos amanteigados, souveniers etc.

A Glengoyne não é uma marca muito famosa de uísque mas foi o que tornou o passeio bem peculiar e interessante. Também fiz a compra desse passeio pela  Go Scotland Tours pois também não está disponível pela Viator. Agora em 2017 procurei novamente e não achei esse tour exato. Agora, se você quiser conhecer a destilaria mais famosa da Escócia, a “Famous Grouse” é possível comprar pela Viator aqui.

As demais paradas do passeio são bem legais; o Castelo de Stirling é muito bonito mas não tão rico em história como o Castelo de Edimburgo e durante a parada dá tempo para uma voltinha pela cidade que é minúscula. Loch Lemond é uma vilazinha para relaxar, contemplar a natureza ao redor do lago e para um “lunch with a view”.

Descubra a culinária escocesa e suas peculiaridades

Stirling Castle
Castelo de Stirling
DSCN1899
Do topo do Castelo de Stirling
Loch Lemond
Loch Lemond
Lunch with a view em Loch Lemond
Lunch with a view em Loch Lemond
Gamon Steak, prato típico escocês
Gamon Steak, prato típico escocês
DSCN1914
Glengoyne
DSCN1929
Jardim da destilaria Glengoyne
Marido enlouquecido na lojinha final :)
Marido enlouquecido na lojinha final 🙂
Por dentro da fábrica
Por dentro da fábrica
Nosso guia foi esse senhor muito simpático e apaixonado pela fábrica
Nosso guia foi esse senhor muito simpático e apaixonado pela fábrica

Dia 4 – Glasgow ou + Edimburgo

Compramos uma passagem de ônibus com a Megabus  bate e volta para Glasgow. Essa companhia de bus é super barateira, as passagens começam a ser vendidas por 1 libra (com antecedência de mais ou menos 45 dias). Optamos por mais um bate e volta para evitar o desgaste com check out, malas etc. E também pois Glasgow é bem pequena e dá pra ser toda explorada em um dia com o ônibus turístico de dois andares: Glasgow Hop on Hop off. Mas…

Em na nossa viagem acabamos desistindo de ir pra lá por três motivos: canseira, eu já conhecia a cidade e neste dia especialmente estava chovendo muuito. Maridão não queria tanto ir e acabamos ficando em Edimburgo mesmo mas, se você vai pela primeira vez a Escócia não deixe de aproveitar um pouco de Glasgow. Vou listar aqui pra vocês as atrações de lá e também outras atrações que você pode ver em Edimburgo.

O que tem pra ver em Glasgow:

  • George Square
  • Galeria de Arte Moderna
  • Glasgow Cathedral
  • Kelvin Park
  • Willow Tearooms
  • Kelvingrove Art Gallery and Museum
  • The Riverside Museum of Transport and Travel
  • Pollok Country Park
  • Botanic Gardens and Kibble Palace
  • Estádio do Celtic

O que mais você pode fazer em Edimburgo:

  • Museu Real da Escócia
  • Royal Botanic Garden
  • Camera Obscura & World of Illusions
  • Palácio de Holyroodhouse
  • Destilaria de Gin
  • Parque Holyrood
  • Scottish National Gallery – fica em Princess Street Gardens
  • The Edinburgh Dungeon
  • The Scotch Whisky Experience – Bem interessante caso você não vá conhecer nenhuma destilaria nos passeio

Dia 5 (meio dia) – Edimburgo com Stuart – Walking Tour

Neste dia fizemos um walking tour por Edimburgo com o Stuart, um senhor que conhece cada canto da cidade. Foi perfeito! O passeio é caro (20 libras por pessoa) mas vale muito a pena, ele vai caminhando com você pela cidade, becos, ruelas e esquinas ao mesmo tempo que vai derramando história. Entramos no Deacons Tavern para um tradicional chá da tarde e para conhecer a lenda de Deacons, o famoso ladrão escocês que era bonzinho durante o dia e vivia nessa caverninha.

O Stuart também entra na galeria de arte Scottish National Gallery e explica as principais obras, da uma volta no castelo para falar sobre sua formação rochosa e ainda mostra diversos prédios históricos que inspiraram a escritora de Harry Potter, passando pelo café onde ela escreveu todos os livros do bruxinho.

Neste quinto dia almoçamos em um famoso pub onde aconteciam os enforcamentos da cidade antigamente, é um dos pubs mais antigos de Edimburgo (aberto por volta de 1600) e é todo decorado com objetos relacionados ao tema.

Esse é o Stuart e mais uma pessoa que fez o tour conosco

Logo na sequência voltamos para Londres, mas a Escócia tem outras cidades e regiões muito legais que podem ser exploradas em uma viagem mais longa como a ilha Skye por exemplo, um complexo com diversas ilhas menores para passear de barco, descansar e curtir a paisagem.

Siga o blog pelas redes sociais:   

Planejando sua viagem em parceria com o blog:

bookingReserve seu hotel através da Booking.com, são milhares de opções no mundo todo com garantia dos melhores preços. Cancelamento gratuito, pagamento antecipado e confiança de uma empresa com mais de 20 anos atuando com reservas de hotéis

Seguro Viagem com a Seguros Promo. As melhores empresas do mercado, cobertura em todos os continentes, para todas as idades e com os melhores preços. Digite o cupom TURISTANDO5 ao realizar sua compra através dos links aqui do blog e ganhe 5% de desconto. 

cxbncv7e0ug4s8cAluguel de carro no mundo todo, com descontos de até 60%, em 12x sem juros e sem cobrança de IOF através da RentCars. Ela compara todas as operadoras atuantes de seu destino oferecendo melhores tarifas e condições. Flexibilidade e segurança para suas próximas Road Trips

Get Your Guide é uma opção que tem TUDO para sua viagem e com melhores preços; tours privados, transfers, ingressos fura filas, experiências e muito mais. Só o ingresso? Eles tem! Ingresso com transporte? Eles tem! Uma experiência completa por determinada região? Eles tem!

viator Tours guiados e privados, transfers e ingressos com a Viator Tours. Sua viagem toda organizada e independente com a Viator, a maior parte dos passeios são privados ou pequenos grupos, saída e retorno do seu hotel incluindo ingressos e transporte. Experiência completa.

12 thoughts on “Roteiro pela Escócia: Edimburgo, Lago Ness e Inverness

  1. Oi Lúcia! Tudo bem? Vou viajar a Escocia em Fevereiro também. Estava lendo suas dicas e estava olhando os tours. Ali diz que as entradas não estão incluídas. Você lembra mais ou menos o valor que sai? Por exemplo os castelos, a visita aos whisky.. essas coisas.. pode ser uma média.. ou o valor total se você lembrar… Obrigada!

    Abraço

  2. Oi, gostaria de saber se é necessário falar inglês ou nestes lugares pode ir tranquila com o seu português kkkkk Ah, você sabe algo sobre as Pedras de Calanish, Batalha do Culloden, Clã Fraser? Gostaria de acrescentar algo sobre isso em minha viagem. Você também poderia fazer um post sobre os pontos turísticos na Escócia ligados à série escocesa Outlander. Beijos.

  3. Oi que lindo!!! To planejando em ir pra lá na época do halloween com marido e filho. Passaremos 8 dias. Devido à tanto dias pensamos em alugar um carro e explorar outros lugares. Adorei suas dicas. Vc ainda se lembra do nome desse pub do enforcamento? É esse senhor stuart, como se contacta ele? Obrigada! 🙂

    1. Oi Carol. Que delícia!!! Vão amar tudo por lá rs. O pub se chama The Last Drop, é bem no centrinho. O Sr Stuart você pode entrar em contato com ele através desse e-mail: usherstuart@gmail.com Depois você me conta como foi e manda as fotos!! A Escócia é lindona!! Ah.. pra alugar carro você pode usar e abusar da RentCars, eles tem preços perfeitos: https://www.turistandocomalu.com.br/planejando-sua-viagem/aluguel-de-carro-viagem/
      Beijão e boa viagem!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.