América do Sul, Brasil, Enoturismo, Interior de São Paulo

Rota do Vinho em São Roque e o que fazer na cidade

Last Updated on 11 de agosto de 2020 by Luciana de Campos Assis

Que tal passar um dia, ou um final de semana, bem gostoso explorando a Rota do Vinho e outras atrações em São Roque no interior de São Paulo?

São Roque é conhecida por ser a cidade do vinho SP e é muito turística, localizada no interior a apenas 60kms da capital paulista e faz o “bate e volta” ou uma viagem de final de semana valer muito a pena. Conhecer a Rota do Vinho São Roque é um ótimo passeio para aproveitar a natureza, provar vinhos, desfrutar de uma ótima gastronomia e ainda levar as crianças para passear ao ar livre.

Booking.com

Sobre São Roque

A cidade foi fundada em 1657 por um senhor paulista que pertenceu a uma linhagem de bandeirantes; Pedro Vaz de Barros. Em 1990 a cidade foi nomeada Estância Turística do interior de São Paulo devido a rota do vinho (também chamado de caminho do vinho São Roque) e ao seu legado histórico e cultural.

E de quebra, turistas se sentem integrados com a natureza, 40% de seu território é coberto por Mata Atlântica o que torna um destino perfeito para relaxar e respirar ar puro.

Um ponto forte do município é sua estrutura hoteleira, excelente e atende a todas as demandas. Veja aqui uma lista com opções de onde ficar em São Roque. Desde resorts luxuosos com sistema all inclusive como é o caso do Villa Rossa até pousadas menores, econômicas e super aconchegantes.

Por isso reforço a mensagem que uma estadia prolongada de final de semana ou feriado é uma ótima ideia, não apenas o passeio bate e volta. São Roque também pode ser considerado um polo gastronômico excelente e ideal para quem busca turismo rural, ecológico, cultural, de aventura e religioso.

Tudo perfeito pra você embarcar em uma viagem com sua família pra lá!

o que fazer em são roque
Piscina externa do Villa Rossa – foto Lu

Como chegar na Rota do Vinho em São Roque

São Roque está localizada num ponto estratégico entre as rodovias por Raposo Tavares e Castelo Branco e o acesso é bem tranquilo.

Pra quem vai para um passeio bate e volta, recomendo colocar no GPS a Vinícola Bella Aurora e dela percorrer a rota do vinho até a Vinícola Goés. Outra opção é fazer exatamente o contrário, o que já fizemos algumas vezes e achamos até melhor (da Góes até a Bella Aurora).

Para quem vai pro final de semana e quer chegar no centro da cidade com calma antes de percorrer a rota do vinho basta colocar no GPS a “Expo São Roque” que você estará no coração da cidade.

Outra referência que gosto de passar pra colocar no GPS é a Quinta do Olivardo que está exatamente na metade da rota do vinho. Então se você só quer dar uma passada por lá, almoçar e voltar pra casa, essa é uma excelente parada.

rota do vinho em são roque
A rota do vinho é toda sinalizada e da pra circular bem – foto Lu

Quantos dias ficar em São Roque

Para percorrer a rota do vinho toda você precisa de 1 dia apenas. Para percorrer BEM a rota do vinho e todas as atrações de São Roque, recomendo 2 dias. Especialmente para curtir um pouco a infra de seu hotel que certamente será muito boa!

Se você tem 3 dias o que pode fazer é curtir com mais tranquilidade a rota do vinho, seu hotel e a cidade em si. Não recomendo muito mais que isso, no quarto dia eu já recomendaria buscar alguns passeios ao redor como por exemplo ri as compras no Outlet Catarina.

Leia mais: O que fazer em Itu – GUIA COMPLETO da cidade dos exageros no interior!

Onde ficar em São Roque

A escolha do hotel tem uma relevância muito maior do que de fato a definição do bairro que você vai se hospedar em São Roque. Então vamos a lista de hotéis, resorts e pousadas que recomendamos.

Um resort incrível, 5 estrelas, com infra completa, sistema de refeições todas inclusas, piscinas infantis, cobertas e aquecidas, spa, muitas atrações para a família e gastronomia excelente. O Villa Rossa está totalmente integrado na mata atlântica e localizado em um ponto alto da cidade que proporciona uma vista incrível.

Custo médio por diária R$900 o casal com pensão completa, nota 9.3 de avaliação no Booking , Pet Friendly e extremamente bem recomendado!

resort no interior de são paulo
Quarto super espaçoso e cama gigante <3
resort no interior de são paulo
Piscina interna e aquecida do Villa Rossa – foto Lu

O Villa Rossa mencionado acima é nossa principal recomendação, mas veja abaixo outros hotéis e pousadas que também gostamos muito:

rota do vinho são roque
Aldeia Parque Hotel Rural – foto divulgação

Qual a melhor época para conhecer São Roque

São Roque é um destino que pode ser visitado o ano inteiro. No inverno você vai curtir aquele clima friozinho da mata, apreciar os vinhos tintos e a forte gastronomia portuguesa que tem de monte por lá. No verão você vai curtir os vinhos brancos, a piscina e aquele céu azul lindo de ver.

Algumas datas com eventos especiais caso você queira uma experiência ainda mais especial:

  • Vindima (pisa das uvas) – entre os meses de janeiro e março
  • Carnaval – alguns blocos tomam a Avenida dos Bandeirantes pra fazer uma folia
  • Romaria dos Cavaleiros de São Jorge – acontece sempre em Maio
  • Festa Italiana Ítalo Brasileira – acontece sempre em Junho
  • Expo São Roque – um evento que acontece nos meses de Outubro e Novembro com diversas atividades relacionadas a cultura do vinho e da cidade

O que fazer em São Roque – atrações da cidade

Se você me perguntar qual a principal atração de São Roque eu te direi que certamente é a Rota do Vinho. No entanto, a cidade também tem suas atrações e algumas são bem interessantes. Veja quais são elas:

  • Centro Educacional e Cultural Brasital
  • Estação Ferroviária de São Roque
  • Fazenda Angolana
  • Igreja Matriz de São Roque
  • Morro do Cruzeiro
  • Portal de São Roque – logo na entrada da cidade, passadinha rápida
  • Recanto da Cascata
  • Sítio Santo Antônio
  • Ski Mountain Park – tenho recebido muitas críticas de que o local não está com a manutenção em dia
  • Trilha pro Morro do Saboó & Mirante do Saboó
  • Rota do Vinho de São Roque

Rota do Vinho São Roque

Como comentei acima, a Rota do Vinho São Roque é a principal atração da cidade. Reserve um dia completo para conhece-la por inteiro, comece pela vinícola Bella Aurora e vá até a Góes ou vice e versa.

Você fará diversas paradas para conhecer as casas produtoras, degustar vinhos e sucos de uva e comer bem, muito bem! Sejam petiscos como o pastel de alcachofra ou o bolinho de bacalhau como pratos principais como o bacalhau as natas na Quinta do Olivardo.

Vinícolas Rota do Vinho São Roque

  • Casa da Árvore – Vinhos, Aventura e Lazer
  • Ferreira e Passero
  • Terra do Vinho
  • Vinícola Canguera
  • Vinícola Góes
  • Vinícola Palmeiras
  • Vinhos XV de Novembro
  • Vinhos Bella Aurora
  • Vinhos Bella Quinta
  • Vinhos Frank e Restaurante
  • Vinhos Real D’Ouro
  • Vinhas Santa Cecília
  • Vinícola Sorocamirim

Roteiro sugerido para 1 dia

O roteiro abaixo é uma sugestão de como percorrer a rota do vinho, chegando para um belo café da manhã, passando pelas principais vinícolas e fechando o dia com um super almoço português! Divirtam-se!

Restaurante Itacolomy

Comece o dia com um café da manhã estrelado no restaurante Itacolomy. Ele oferece café colonial aos finais de semana em mesas integradas com a natureza. Comida caseira, cheirosa, ar puro e muito carinho dos proprietários que nos recebem com muita alegria.

rota do vinho em são roque
Restaurante Itacolomy
rota do vinho em são roque
O fundo do restaurante, uma área verde deliciosa

Vinícola Góes

A maior vinícola da região, a Góes está localizada em um grande terreno com lago, pequenas parreiras de uvas para fotos e um casarão lindo. Você pode comprar os vinhos da marca, utensílios e fazer degustações. Em meses especiais a Góes oferece um tour para participar da vindima em que você participa da pisa das uvas e conhece as plantações.

Dica: logo nas primeiras paradas peça um mapa turístico com todas as atrações da rota do vinho, ele será muito útil em momentos que o 3G  não funciona por lá.

rota do vinho em são roque
Fachada da Góes
rota do vinho em são roque
O espaço da Góes , bem gostoso
rota do vinho em são roque
Parreiras em frente a Góes
rota do vinho em são roque
Por dentro da lojinha

Vinícola e Restaurante Canguera

Logo na entrada da Canguera há uma linda fonte de vinhos, um empório com doces e embutidos deliciosos e a loja que oferece degustações gratuitas de vinhos de mesa e finos. Mais pro fundinho está um campo enorme com área verde, espaço para as crianças brincarem e redes nas sombras para um descanso.

Ainda nesse espaço, depois de subir uma escadinha, você encontrará o restaurante Canguera. Um refúgio pra lá de tranquilo; mesas postas as sombras e ao frescor de uma árvore enorme. Provamos aqui o pastel de alcachofras que estava ótimo, dica de uma amiga que já conhecia.

rota do vinho em são roque
Adoraria ter uma fonte de vinhos em casa rs
rota do vinho em são roque
Espaço ao fundo da Vinícola Canguera
rota do vinho em são roque
Uma sombrinha com rede, nada mau…
rota do vinho em são roque
Pausa para o pastel em uma sombrinha refrescante
rota do vinho em são roque
Famoso pastel de alcachofras da Canguera

Alcachofras Bonsucesso

São Roque também é famosa por suas plantações de alcachofra, então seguimos as plaquinhas da rota do vinho até a plantação Bonsucesso. Um lugar pequeno mas completinho; você pode conhecer a plantação, provar pratos frescos no restaurante ou ainda levar pra casa alcachofras, pratos congelados (lasanha de alcachofra por exemplo), patês etc.

o que fazer em são roque
Plantação de alcachofras da Bonsucesso

Vinícola Ferrera e Passero

Essa foi a surpresa boa do passeio, uma vinícola familiar super pequena. Ela fica um pouco escondida, algumas ruas adentro da estrada do vinho São Roque (é só seguir as placas que dá certinho).

Mas é um encanto, uma simples casa de 200 anos que foi restaurada pelo proprietário que hoje vive nela de maneira simples e conectado com a natureza. Ele produz vinhos e trutas, o melhor vinho Lorena (branco seco) que provamos na região. O espaço ao redor da casa é muito belo.

o que fazer em são roque
Espaço da vinícola Ferreira e Passero
o que fazer em são roque
O proprietário batendo um papo conosco em meio a degustação
o que fazer em são roque
Essa casa tem mais de 200 anos e foi toda restaurada pelo proprietário da vinícola

Quinta do Olivardo

Nossa escolha para o almoço foi na Quinta do Olivardo, um restaurante português perfeito, um achado na rota do vinho São Roque. Em frente ao restaurante você encontra diversas barraquinhas que vendem pastéis de belém, bolinhos de bacalhau e muitas outras guloseimas portuguesas.

Você pode optar por entrar no restaurante ou ficar ali por fora mesmo, desfrutando e curtindo nos banquinhos que remetem as ruelas e ladeiras portuguesas.

A decoração e a qualidade dos pratos te farão lembrar de Portugal, caso já tenha conhecido o país. Se ainda não foi a Portugal, feche os olhos e imagine-se lá. A Quinta do Olivardo é praticamente uma cidadezinha portuguesa.

interior de sp
Entrada da Quinta do Olivardo
o que fazer em são roque
Essa é a vista do restaurante Quinta do Olivardo
interior de sp
Bolinhos de bacalhau com queijo, estavam ótimos
interior de sp
Rabanadas para sobremesa <3
interior de sp
Esse é o espaço estilo feirinha em frente ao restaurante
interior de sp
Me senti em Óbidos – Portugal

Vila Don Patto

Outra opção que adoramos em São Roque rota do vinho para almoço, degustação de vinhos e um ambiente lindo é a Vila Don Patto. Coloque a em seu roteiro do vinho São Roque para o almoço ou para a sobremesa, você vai amar! Minhas sugestões de pratos são: Bacalhau as Natas e Pernil de Cordeiro assado.

Se você passar apenas pra curtir o clima e degustar vinhos, prove o pastel de nata, é divino! Como vocês perceberam pelo menu, a Don Patto tem um menu português de altíssima qualidade! Pra quem viaja com crianças, o playground é um ponto importantíssimo pois é recheado de atrações.

A Vila don Patto é de fato um complexo turístico para a família todo, vai além dos vinhos e da gastronomia. Por isso acho tão importante inclui-la em seu Roteiro do Vinho por São Roque. Vejam mais fotos e informações no site oficial.

Roteiro em Portugal: 10 dias incluindo Lisboa, Fátima, Alentejo e Porto

Rota do vinho São Roque – sobre a bebida:

São Roque é produtor de uvas cabernet franc, cabernet sauvignon e lorena. Também das uvas que dão origem aos vinhos de mesa, suaves e mais adocicados como a bordô por exemplo. Alguns produtores até se arriscam com plantações de malbec.

Os vinhos feitos da uva lorena me surpreenderam, um branco suave bem parecido com chardonnay. 

Acho que é isso pessoal, se vier pro interior de São Paulo pra fazer o passeio da Rota do Vinho São Roque me conta como foi ali nos comentários. E boa viagem!! Para mais informações sobre a Rota do Vinho São Roque acesse os sites abaixo, apoiadores desse passeio e do turismo na região:

Prefeitura de São Roque

Roteiro do Vinho São Roque

Quer conhecer mais do interior de São Paulo? Veja abaixo:

O que fazer em Holambra – blog Vamos por Aí

19 thoughts on “Rota do Vinho em São Roque e o que fazer na cidade

  1. Boa noite!
    Gostaria de uma informação sobre como conhecer o local da rota do vinho aos finais de semana….é possivel e qual o horário de início e término por gentileza?

  2. Luciana, bom dia!

    Você saberia me dizer se a Rota do Vinho só é possível ser feita de carro ou tem alguma opção no estilo excurção. Vou no feriado, porém vou de ônibus, e gostaria muito de fazer a Rota.

    Desde já, obrigada

  3. Oi Lu, tudo bem?

    lembra se precisou desembolsar muito dinheiro ou se as comidinhas (desde café da manhã, almoço e na degustação de vinhos) tem preços salgados? to querendo ir mas to sem mta grana no momento… rsrs.

    Obg pelas dicas!

    1. Oi Rafael, acho que gastei uns R$120 reais no total, café da manhã, pré-almoço e almoço. E com essa grana comprei algumas lembrancinhas ainda. O restaurante mais caro é a Quinta do Olivardo, mas você pode comprar os petiscos na área externa do restaurante e controlar bem os gastos. Dá pra se segurar e aproveitar bem o passeio sem gastar muito.

    2. estou querendo conhecer a cidade sou de sampa
      alguem Dan e me dizer qto eu gastaria com almoço café da tarde e degustação p casal?desde já agradeço

      1. Oi Leila, as degustações são quase todas gratuitas exceto pela Goés que custa 10 reais. O almoço e um café da tarde, para uma pessoa pode variar de R$60 a R$120 por pessoa. Vou te dar um exemplo, você pode comer um pastel de alcachofra maravilhoso que serve como uma refeição por 20 reais. Ou pode almoçar bacalhau português onde o prato pode custar 60. Eu deixaria reservado elo menos uns 75 // 100 reais. Beijos e bom passeio.

  4. Muito boa indicação. Obrigado. Vou à São Paulo e chegarei de madrugada. Pensei em locar um carro e já ir para São Roque, tomar café em algum restaurante típico na beira da estrada, depois seguir o roteiro do vinho até São Roque, onde dormiria e no dia seguinte retornaria para Sampa. Acredita que é o bom passeio e viável? No retorno para São Paulo tem alguma cidade que mereça uma parada para conhecer.
    Agradecimentos antecipados pela atenção.

    1. Bom dia, espero que ainda dê tempo de te ajudar… No caminho entre São Roque e São Paulo tem Indaiatuba (onde eu moro) que é uma cidade tranquila e com bons restaurantes. Tem Embu das Artes que já está bem próxima a São Paulo com feiras de artes. Ah.. uma boa pedida também seria Campinas, região de Joaquim Egídio, é bem tranquila, tem uma serra pra fazer caminhada e restaurantes deliciosos. Também tem Jaguariúna que tem o famoso “Bar da Praia”, Piracicaba com a Rua do Porto ou ainda Pedreira e Serra Negra (escapando um pouco da rota), região serrana. Mas se for para uma parada rápida acho melhor Campinas ou Embu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.