América do Sul, Chile, Enoturismo, Santiago

Vinícola Santa Rita Chile

Vinícola Santa Rita em Santiago – como é o passeio com degustação

Last Updated on 11 de junho de 2020 by Luciana de Campos Assis

Vamos falar de mais um passeio com degustação de vinhos e dessa vez fomos para a vinícola Santa Rita em Santiago do Chile.

Localizada no Valle de Maipo a cerca de 40kms da capital chilena, a vinícola Santa Rita em Santiago está bem preparada para receber turistas, tem diversas opções de tours incluindo em Português, um restaurante, um café, um museu e paisagens lindas. Ah, e claro, vinhos deliciosos e de alta qualidade.

Vinícolas em Santiago e as regiões produtoras de vinho no Chile

Como é o passeio pela vinícola Santa Rita em Santiago:

O passeio tem duração de uma hora, mas chegue cedo a vinícola para aproveitar o espaço que tem por lá, é muito agradável. Você pode tomar um café na cafeteria curtindo a cordilheira ao fundo, passear pelas parreiras cercadas de flores e tirar muitas fotos. Há um museu andino no local, achei bem interessante e recomendo reservar cerca de 30 minutos para visita-lo.

vinícola santa rita em santiago
Bem vindos a vinícola Santa Rita, essas plantações de lavanda deixam o ambiente deliciosamente perfumado
vinícola santa rita em santiago
Essa é a área externa, o café e restaurante estão ao lado oposto do museu andino
vinícola santa rita em santiago
Um pouco da área externa onde você pode passear antes do tour
vinícola santa rita em santiago
Ainda na área externa, parreiras e flores

Começamos o tour pelas parreiras de uvas que são usadas na produção de alguns dos vinhos da Santa Rita. Aqui nossa guia contou sobre a história da família e falou sobre os tipos de uva que a esse vinhedos produz: Cabernet Sauvignon, Merlot, Chardonnay e Cabernet Franc. Também explicou as linhas de vinhos da Santa Rita, são nove categorias sendo as mais populares o 120 e Tres Medallas. A linha Casa Real é de vinhos mais elaborados e sofisticados.

Próxima parada do tour é no saguão de tonéis onde os vinhos descansam. Aqui falamos muito sobre esse processo de descansar e da importância de deixar os vinhos em tonéis de carvalho para adicionarem sabores e aromas aos vinhos. Falamos muito sobre o famoso “tanino” que está presente em vinhos tintos, confesso que não havia entendido exatamente o que ele é até esse passeio.

–> O que é o tanino? Basicamente o tanino é uma substância química encontrada em frutos (neste caso, nas uvas) que tem ação oxidante mantendo as pragas longes. Após a produção do vinho, o tanino é responsável por dar corpo e deixar o vinho mais intenso. Ou seja, forte presença de taninos é igual a um vinho encorpado e intenso. Para equilibrar e suavizar os vinhos tintos é necessário controlar a ação desses taninos.

vinícola santa rita em santiago
Essa vista linda <3
vinícola santa rita em santiago
E essa outra vista também linda

Passamos rapidamente pela área onde os vinhos são engarrafados e etiquetados. Essa parte do passeio foi muito interessante pois a linha de produção estava ativa. Ela fica toda exposta aos turistas através de janelas de vidros. Outra experiência que eu nunca havia presenciado, a linha em atividade total. Fechamos o passeio com uma visita a cave subterrânea onde há vinhos centenários e históricos. É neste local que ocorre a degustação de três vinhos da Santa Rita: 

  • Sauvignon Blanc da linha 120
  • Carmenere da linha Medalla Real
  • Red Blend da linha Secret reserve – o que mais goste! Eu amo blends e esse é fácil fácil de tomar.
enoturismo no chile

enoturismo no chile
Sala de degustação na cave
enoturismo no chile
Barricas de vinhos descansando, passamos por elas antes da degustação
vinícola santa rita em santiago
Linha de produção para embalar e colocar rolhas em atividade

Ao final de toda essa experiência você vai ara a loja da Santa Rita e pode comprar vinhos com preços especiais. A taça que você usou durante a degustação também é brinde 🙂

Curiosidade sobre o nome do vinho 120; ele leva esse nomes pois a vinícola Santa Rita foi o refúgio de 120 soldados que retornaram pra casa após a batalha pela independência do Chile. Esse passeio descrito acima foi o Tour Clássico, há muitas outras opções de tours oferecidos pela vinícola Santa Rita, inclusive um Bike Tour. Dá uma espiadinha nesta página deles que você encontrará o tour mais adequado a sua viagem.

Museo Andino:

É pequeno, simples e rico em história. Conta, através de objetos e roupas, um pouco da história do povo dos Andes. O que mais me encanta na história desse povo do alto da montanha é a forma como viviam (ou sobreviviam) de maneira inteligentíssima. Aqui no museu andino você verá objetos que era usados no dia a dia das aldeais, não tem muito a ver com o vinho, exceto que a origem desses objetos é a cordilheira dos Andes, pano de fundo das principais regiões produtoras de vinhos aqui da América do Sul.

Se você também se interessa por essa parte histórica dos Andes e sobre o povo da montanha, recomendo a leitura sobre Salta na Argentina e sobre o Peru, mais especificamente sobre Arequipa. Dois lugares que me deixaram de queixo caído com esse tema.

vinícola santa rita em santiago
Área externa do museu andino
vinícola santa rita em santiago
Uma pequena parte da área interna do museu

Como visitar a vinícola Santa Rita em Santiago:

Você pode ir por conta ou com tour privado. Eu sempre recomendo tour privado pois acho mais organizado, prático e seguro. Neste caso você pode contratar um passeio para unir a visita à vinícola Santa Rita com outras da região; pode ser a Concha y Toro, Aquitania etc.

Passeio com degustação pela vinícola Concha y Toro em Santiago

–> Indo por conta própria – metrô + táxi: você precisa pegar o metrô até a estação Los Heroes e de lá tomar um táxi até a vinícola. Demora cerca de 45 minutos e o táxi vai custar mais ou menos 13 mil pesos (o valor da corrida com 4 pessoas).

–> Opções de tour privativos:

Vinícola Santa Rita saindo de Santiago

Visite as vinícolas de Santa Rita, Concha y Toro e Undurraga saindo de Santiago

Passando uma noite na vinícola Santa Rita – Hotel Casa Real:

Minha última dica vai para quem tem um tempinho extra e pode dedica-lo a essa experiência inusitada. Você pode passar uma noite em um casarão histórico localizado no belíssimo complexo onde está o vinhedo Santa Rita. Um hotel boutique, romântico e com uma riqueza de detalhes inigualáveis. Se você tiver uma noite extra viva essa hospedagem luxuosa, você pode inclui-lo no final da viagem e aproveitar o transfer para o aeroporto que é oferecido pelo hotel.

vinícola santa rita em santiago
Foto divulgação; Hotel Casa Real

Bom pessoal acho que é isso, um passeio gostoso para ser feito em família, com amigos e até mesmo se você estiver viajando em casal. Um lugar agradável, bons vinhos, ótima infra e um plus que é o museu andino. 

Gostou do post sobre a vinícola Santa Rita em Santiago do Chile? Deixe seu comentário ali embaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.