América do Sul, Brasil, Enoturismo, Gramado, Rio Grande do Sul

Vale dos Vinhedos: roteiro e dicas pra conhecer a região da Serra Gaúcha

Como é a visita a vinícola Peterlongo em Garibaldi Rio Grande do Sul

Last Updated on 16 de junho de 2020 by Luciana de Campos Assis

“Benditas sejam as mulheres, pois elas fazem tudo com amor” a frase de Armando Peterlongo que abriu portas para muitas famílias no Rio Grande do Sul. A Peterlongo foi a primeira produtora de vinhos da Serra Gaucha a contratar mulheres conforme as leis trabalhistas. Esse é um dos fatos interessantes e históricos que você descobre durante a visita a vinícola Peterlongo em Garibaldi. A casa também foi pioneira na produção de vinhos “moscato tipo champanhe” aqui no Brasil, um monte de surpresas gostosas neste passeio.

Leia também: Roteiro e dicas para conhecer o vale dos vinhedos na Serra Gaúcha

Sobre o passeio:

Pra começar com chave de ouro, a vinícola é linda! Localizada em um casarão estilo castelo construído em 1930 pelo co-fundador da empresa Armando Peterlongo, filho de imigrante italiano que veio construir um sonho no Brasil; sua própria vinícola. Ele não só realizou esse sonho como também deixou um legado para as próximas gerações, a vinícola Peterlongo é atualmente vencedora de muitas medalhas e prêmios mundo afora. Em 2016 o espumante Peterlongo Presence Moscatel recebeu medalha de ouro em evento espanhol.

Fachada da vinícola
Degustação de vinhos no jardim da Peterlongo

Booking.com

Depois de curtir um pouco a arquitetura da vinícola e tirar algumas fotos, começamos o passeio pela fábrica e armazéns. O guia que nos acompanhou foi contando todos esses fatos históricos que menciono aqui no post e explicando mais sobre as plantações de uva da empresa, sobre o processo de produção de espumantes usados (charmat e champenoise) etc.. Durou cerca de uma hora e foi bem interessante, passamos por uma sala com exposição de carros antigos e por outra sala com os maquinários usados antigamente para a produção dos espumantes. 

Encerramos o passeio com a degustação de três espumantes no belíssimo jardim da vinícola. Também apreciamos uma abertura de garrafa com espada (sabragem) e aprendemos um pouco mais de cada bebida degustada, veja abaixo os detalhes de cada uma delas. Ganhamos as taças de recordação 🙂

Garrafas dos espumantes que provamos
Moscatel Rosé
Esse jardim é lindo demais, super aconchegante e ótimo pra curtir a degustação
Exposição de carros antigos durante o passeio
Uma das inúmeras máquinas antigas que vimos no passeio, algumas datadas de quando a Peterlongo foi aberta
Garrafas de espumantes descansando , antes do processo de gaseificação (que na verdade é pra gerar as boinhas)

Onde ficar no Vale dos Vinhedos: review de hospedagem na Pousada Castello Benvenutti

Há uma segunda opção de passeio com degustação e harmonização, achei bem interessante mas não estava disponível no dia que estivemos lá. Então se você tem interesse nele é melhor fazer uma pré-reserva pelo site. Para essa visita e degustação simples que conto aqui não é necessário agendamento, custa R$20 e você recebe R$10 em desconto para adquirir produtos na loja de varejo que está bem na entrada da Peterlongo.

Mais uma vista do lindo jardim da vinícola

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.