Roteiro e dicas para conhecer o vale dos vinhedos na Serra Gaúcha

E lá vamos nós falar de vinho por aqui novamente rs, depois de conhecer Gramado em 2017 e passar rapidamente por Bento Gonçalves, fiquei com muita vontade de voltar pra região e explorar o vale dos vinhedos na Serra Gaúcha. Pois bem, aproveitei o Edu ainda pequeno pra fazer nossa primeira viagem em família e fomos pra lá, ficamos três dias entre Garibaldi e Bento Gonçalves.

Sobre a região:​

O vale dos vinhedos na serra gaúcha é a principal região produtora de vinhos no Brasil, responsável por cerca de 90% das garrafas nacionais e possui rótulos ganhadores de prêmios mundo afora. Localizado na Serra Gaúcha, o vale contempla principalmente as cidades de Garibaldi e Bento Gonçalves. Não é a única região produtora de uvas do país mas é a que comporta as melhores uvas para produção de vinhos e espumantes. Abaixo a listinha de uvas que é plantada no solo gaúcho:

–Brancos e Rosados:
Chardonnay
Riesling Itálico
Pinot Blanc
Sauvignon Blanc
Riesling Renana
Trebiano
Moscato Branco

–Tintos:
Gamay
Tannat
Cabernet Sauvignon
Cabernet Franc
Merlot
Pinot Noir
Pinotage

Bento Gonçalves e Garibaldi são coladinhas, coisa de 10 minutos de carro você vai de uma a outra. Elas também estão bem próximas de Gramado e Canela. Por isso muitas pessoas unem as 4 cidades em uma única viagem, o que acho super interessante para um roteiro de 7 a 10 dias. Toda a região é muito turística e requer uma atenção especial, não dá pra conhecer bem o vale dos vinhedos na serra gaúcha em apenas um dia, dá sim pra matar a vontade de estar lá.. mas pra desbravar eu recomendo pelo menos dois dias completos.

O que fazer em Gramado e Canela

Mais algumas informações importantes; a região foi berço de imigrantes italianos e alemães, isso significa que a gastronomia por lá tem um grande peso. Se prepare para comer muito bem. É uma parte mais fresca do Brasil, então dê uma olhada na previsão meteorológica antes de embarcar, mesmo que esteja fazendo um sol de rachar mamona na sua terra. É um destino tranquilo e muito recomendado para pessoas que buscam tranquilidade, não há grandes baladas e agito.

O dia estava feio mas a paisagem é linda. Parreiras de uva em frente a vinícola Don Laurindo

Como chegar:

Para chegar até o vale dos vinhedos na serra gaúcha você precisa voar para Porto Alegre e de lá pegar estrada sentido ao vale, são cerca de 120kms pela BR 116 até Bento Gonçalves, o vale dos vinhedos fica na RS 444. Você pode tomar um ônibus com a Itapemirim ou Penha. O ideal mesmo é alugar um carro e aproveitar a paisagem ao longo do trajeto, melhor maneira de explorar o vale dos vinhedos é de carro.

Você também pode voar para Caxias do Sul, que são cerca de 45kms até Bento ou Garibaldi, o problema é que não há muitas opções de voos pra lá, por isso POA acaba sendo a melhor opção. Caso seu voo chegue muito tarde em Porto Alegre (em minhas duas últimas viagens foram assim), uma “mão na roda” é passar uma noite no Ibis Aeroporto e seguir viagem no dia seguinte. Eu explico melhor em outro artigo como funciona o hotel mas basicamente tem van de/para o aeroporto, café da manhã ótimo e fica pertinho das locadoras de carro.

Hotel Ibis Aeroporto Porto Alegre: review completa

Onde se hospedar:

Você pode usar Bento Gonçalves ou Garibaldi como base para sua hospedagem. Bento é mais movimentada, com comércio intenso e muitas opções de restaurantes. Garibaldi já é mais tranquila, clima de cidade do interior. Se você alugar um carro não faz muita diferença a escolha da cidade pois é tudo tão perto que senti como se fossem uma coisa única.

O que fizemos foi escolher um hotel super aconchegante em Garibaldi, por que a região pede um lugar todo especial. Ficamos na Pousada Castello Benvenutti que está localizado aos pés da rota dos vinhos e a 5 minutos de Bento Gonçalves. Foi perfeito!  O hotel é um castelo lindo e muito acolhedor, tem a localização ideal pra quem explora o vale, preço adequado para a alta qualidade e o clima que oferece.

Um bônus do hotel é o restaurante Dona Carolina, simplesmente divino. Provamos um prato de massa fresca ao molho e queijo com manjericão que nos enlouqueceu. A decoração do restaurante e de todo o hotel também é muito acolhedora, parece cenários de um filme medieval.

Onde ficar no vale dos vinhedos – Pousada Castello Benvenutti

Uma opção luxuosa e lindíssima é o Spa do Vinho, um hotel de 5 estrelas bem de frente para as parreiras da vinícola Miolo. Pelas fotos que vejo, o lugar é excepcional, meu sonho de consumo. Se você estiver viajando com crianças eu recomendo o Villa Michelon pois tem piscina, um campo com árvores de laranja e muitas outras atrações, não nos hospedamos por aqui pois o Edu estava com 4 meses e pouco aproveitaria, então curtimos o castelinho.

Pousada Castello Benvenutti

O que fazer no Vale dos Vinhedos na Serra Gaúcha:

A resposta para essa pergunta é meio óbvia: o que fazer no vale dos vinhedos na Serra Gaúcha? Visitar vinícolas e provar bons vinhos! Rs. Bom, é isso mesmo, a região está toda voltada pra cultura do vinho exceto por Gramado e Canela que tem milhões de outros atrativos. Vou falar um pouco de como organizar um roteiro de viagem pra lá.

 Quantos dias de viagem são necessários?

Ficamos 3 dias e meio considerando que um dia foi pra chegar e sair de lá (voamos de Campinas para Porto Alegre). Ou seja; tivemos 2 dias completos de passeios pelo vale dos vinhedos na Serra Gaúcha. Foram suficientes para conhecer a região com tranquilidade, dedicando um dia para Bento Gonçalves e um dia para Garibaldi, colocamos duas vinícolas por dia. Mas olha só, a região é linda demais, com dezenas de vinícolas pra conhecer, por isso se você tiver 3 ou 4 dias aproveite e estique a viagem sim. Pra facilitar (e MUITO) o entendimento dos roteiros abaixo e sua viagem, abre esse mapinha aqui.

— Dia 1 – Vinícolas de espumantes em Garibaldi:

Garibaldi é a terra dos espumantes, uma cidade bem pequena e aconchegante. Neste dia recomendo tomar aquele bom café da manhã no hotel (certamente você ficará hospedado em algum local com café da manhã excelente, típico de toda Serra Gaúcha) e seguir logo cedo para a vinícola Casa Perini. Ela está um pouco fora da rota dos espumantes mas é produtora do sexto melhor espumante do mundo, então vá logo cedo pra lá e na metade da manhã já estará de volta em Garibaldi.

Outras três vinícolas que eu recomendo conhecer; Peterlongo, Chandon e Cooperativa Garibaldi. Todas bem próximas uma da outra e centralizadas em Garibaldi. Em frente a Cooperativa Garibaldi tem uma loja de trufas divina, não deixe de provar a sabor champanhe, é de comer rezando. Também incluiria um almoço na Casa di Paolo e um jantar no restaurante Dona Carolina da Pousada Castello Benvenutti. Bom, o roteiro deste dia ficaria assim:

9am visita e degustação na Casa Perini
11am visita e degustação na Chandon
12pm Almoço na Casa di Paolo
14pm Cooperativa Garibaldi & um café com as trufas Devorata
16pm Peterlongo
Noite: jantar no restaurante Dona Carolina.

Pode parecer demais almoçar e jantar na mesma área, mas gente, o restaurante Dona Carolina é digno de se voltar mil vezes, já a Casa di Paolo tem uma belíssima vista para a natureza e interessante ser apreciada de dia. Se o roteiro ficar muito cansativo e quiser remover alguma atividade recomendo remover a visita a Cooperativa Garibaldi mas sem deixar de passar pra comprar as trufas divinas da Devorata.

Eu tive que remover forçadamente a Chandon pois fomos em um feriado e a casa não abre em datas especiais. A Peterlongo tem uma casa linda e um história incrível por trás, além de um jardim muito belo onde acontece a degustação, com direito a sabragem (abertura da garrafa com faca). Uma outra sugestão de passeio é a cervejaria Leopoldina que fica bem em frente a Chandon.

Como é a visita a vinícola Peterlongo em Garibaldi

Vinícola Peterlongo
Jardim lindo onde acontece a degustação da Peterlongo
Ao fundo as parreiras de uva na Peterlongo
Provando o Moscatel da Peterlongo
Abertura de garrafas com espada (sabragem) ainda na Peterlongo
Entradinhas no restaurante Casa di Paolo
Tradicional galeto no restaurante Casa di Paolo
Restaurante Dona Carolina
Uma das melhores massas que já provei
Entradinhas quentinhas e aconchegantes
Romeu e Julieta Brulée

— Dia 2 – Vinícolas de Vinho Tinto em Bento Gonçalves – rota dos vinhos:

As vinícolas do vale dos vinhedos na serra gaúcha se distribuem em duas estradas: RS 444 que leva o nome de estrada do vinho e Via Trentro. O roteiro perfeito seria distribuir o passeio em dois dias; um para cada rodovia. Assim você consegue conhecer muitos estabelecimentos, veja aqui o mapa. Agora se você só tem um diazinho, também dá pra aproveitar e mesclar tudo, foi o que fiz. Então vou dar duas sugestões de roteiro abaixo; fazer a rota dos vinhos em um dia apenas ou em dois.

— Explorando a rota dos vinhos em um dia:

9am visita e degustação na Miolo com direito a passeio pelos jardins da casa, é simplesmente lindo
11:00am visita a Biscotteria Itallinni – uma linda e deliciosa loja de biscoitos estilo sequilhos
12:00pm almoço no restaurante Maria Valduga – no mesmo complexo onde está a Casa Valduga
14pm visita e degustação a Casa Valduga
Noite: jantar no restaurante Canta Maria no centro de Bento Gonçalves

— Explorando a rota dos vinhos em dois dias:

Dia 1 – RS 444:

9am visita e degustação na Miolo com direito a passeio pelos jardins da casa, é simplesmente lindo
11:00am visita e degustação na Cave de Pedra
12:00pm almoço no restaurante Mamma Gema & passeio pelo Memorial do Vinho
14pm passagem rápida pela vinícola Don Laurindo (tem uma vista para as parreiras de uvas  na estrada que é linda)
15pm visita e degustação na vinícola Almaunica
17pm encerrando o dia na Biscotteria Itallinni – uma linda e deliciosa loja de biscoitos estilo sequilhos
Noite: jantar no restaurante Canta Maria no centro de Bento Gonçalves

Dia 2 – Via Trento:

9:30am visita ao espaço Cogumelos da Serra
11:00am visita e degustação a Casa Valduga
12:00pm almoço no restaurante Maria Valduga – no mesmo complexo onde está a Casa Valduga
14pm passagem rápida pela vinícola Dom Cândido
15pm visita e degustação na vinícola Lídio Carraro – fora da Via Trento mas é uma vinícola familiar e super charmosa
Noite: jantar no restaurante Q Palato Pizzaria (famoso pela pizza de cordeiro)

Parada rápida na vinícola Don Laurindo
Biscotteria Itallinni
Os sabores baunilha e limão siciliano são maravilhosos
Esse é o Spa do Vinho, hotel que fica bem de frente para a vinícola Miolo
Vinícola Miolo
Wine Garden da Miolo, muito lindo e gostoso pra passear, bater papo e claro, tomar uma tacinha de vinho 🙂
Essa é uma lanchonete também toda aberta na Miolo, tem muito cantinho verde pra curtir por lá
Durante o passeio pela vinícola Miolo
Degustação de quatro vinhos na Miolo
Esses foram os quatro vinhos degustados
E a lojinha estava com ótimas promoções
Tradicional sopa de capeletes no restaurante Maria Valduga
Filet de cordeiro e risoto de queijos no Maria Valduga

Essa é uma sugestão de roteiro simples pelo vale dos vinhedos na serra gaúcha. Depois vou falar em detalhes  como são os passeios em cada uma das vinícolas (que visitei). Quase todas as visitas são gratuitas ou valores bem baixos são cobrados, geralmente você também recebe um cupom de desconto para comprinhas na loja da vinícola. O mais importante é checar o horário e agendar sua visita. Organizei as atividades no roteiro acima de acordo com os horários que vi por lá, mas como as coisas mudam tão rápido não custa checar novamente.

Siga o blog pelas redes sociais:  

Planejando sua viagem em parceria com o blog:

bookingReserve seu hotel através da Booking.com, são milhares de opções no mundo todo com garantia dos melhores preços. Cancelamento gratuito, pagamento antecipado e confiança de uma empresa com mais de 20 anos atuando com reservas de hotéis

Seguro Viagem com a Seguros Promo. As melhores empresas do mercado, cobertura em todos os continentes, para todas as idades e com os melhores preços. Digite o cupom TURISTANDO5 ao realizar sua compra através dos links aqui do blog e ganhe 5% de desconto. 

cxbncv7e0ug4s8cAluguel de carro no mundo todo, com descontos de até 60%, em 12x sem juros e sem cobrança de IOF através da RentCars. Ela compara todas as operadoras atuantes de seu destino oferecendo melhores tarifas e condições. Flexibilidade e segurança para suas próximas Road Trips

Get Your Guide é uma opção que tem TUDO para sua viagem e com melhores preços; tours privados, transfers, ingressos fura filas, experiências e muito mais. Só o ingresso? Eles tem! Ingresso com transporte? Eles tem! Uma experiência completa por determinada região? Eles tem!

viator Tours guiados e privados, transfers e ingressos com a Viator Tours. Sua viagem toda organizada e independente com a Viator, a maior parte dos passeios são privados ou pequenos grupos, saída e retorno do seu hotel incluindo ingressos e transporte. Experiência completa.

Gostou do artigo sobre o vale dos vinhedos na serra gaúcha? Conta ali embaixo nos comentários 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.