América do Sul, Argentina, Buenos Aires, Enoturismo, Mendoza, Patagônia

Seleção de Vinhos Argentinos

Last Updated on 11 de junho de 2020 by Luciana de Campos Assis

     Os amantes do vinho sabem o quanto nossa vizinha Argentina é importante na produção, especialmente dos vinhos Malbec. Então quem faz alguma visita acaba sempre enchendo as malas com garrafas, não é mesmo? Como o país tem uma quantidade enorme de vinho a Turistando fez uma seleção para ajuda-los na compra, todos com preços médios se comprados por lá, alguns como o DV Catena podem sair até metade do preço praticado no Brasil.

     Algumas dicas importantes; procure um mercadinho chinês para comprar os vinhos (eles estão por toda parte) pois os vinhos chegam a ser 40% mais baratos que nos supermercados normais. Se informe com a sua cia aérea sobre trazer vinhos na bagagem de mão, algumas permitem. Enrole sempre os vinhos em sacolinhas plásticas bem resistentes e depois em roupas pois caso eles quebrem a sacola tende a segurar um pouco do líquido. Não deixe os vinhos em malas vazias pois eles irão “sambar” e fatalmente quebrar.

     Não sou expert em vinhos mas vivendo em Buenos Aires e passeando pela Argentina consegui aprender um pouco. Algumas informações básicas que aprendi: toda fabricante de vinho tem pelo menos 3 linhas de produtos: os de entrada, os medianos ou reservados e os mais nobres (que são sempre os melhores e mais carinhos). Para os mais nobres, tudo depende do tipo de barril em que descansou o vinho, sua idade, forma como foi produzido etc. Cada bodega dá um nome para cada linha ou até mesmo nomeia de tipos diferentes de vinho, lendo o rótulo você vai notar. As uvas também ajudam, a Argentina produz principalmente uvas Malbec porém se você é de outras fique a vontade, a qualidade dos vinhos que vamos citar é ótima com todas as uvas.

    Para fechar com o ciclo de informações, algumas das principais bodegas da Argentina são: Cateza Zapata, Rutini, Nieto Senetiner e Salentein. Você pode inclusive conhece-las quando visitar a região de Mendoza, veja aqui um post completo sobre Mendoza. Há também outras regiões produtoras de vinho no país como a Patagônia e Salta, inclusive o vinho produzido em Salta é o Cafayate, na minha opinião o melhor custo benefício pois é deliciosos e não custa nem R$5 a garrafa na Argentina. Se você não tiver tempo de passar em algum mercadinho chinês fique tranqüilo pois no Free Shop você encontrará boa parte dos vinhos citados neste post.

     Então vamos as compras!!!

     Vinhos de Entrada: os vinhos da galeria de fotos abaixo não ultrapassam o valor de R$20 nos mercados. Você encontrará tintos, brancos e rose.

     Vinhos Medianos ou Reservados: os vinhos da galeria de fotos abaixo não ultrapassam o valor de R$35 nos mercados, a maior parte deles também tem suas versões branco e rose.

     Linhas Premium // Top: os vinhos da galeria abaixo custam entre R$35 até R$70, um Angelica Zapata Malbec 2012 pode custar os R$70. Ainda assim sai bem mais barato do que no Brasil 🙂

Veja também outros posts sobre Buenos Aires:

Buenos Aires – Roteiro Completo!
Desvendando os bairros de Palermo em Buenos Aires
5 lugares para ir as compras em Buenos Aires
Aldo’s Vinoteca: fugindo do trivial ao som de Jazz em Buenos Aires
Temaiken – o famoso bio parque de Buenos Aires

[thrive_leads id='23038']

14 thoughts on “Seleção de Vinhos Argentinos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.