Rota do Vinho Jundiaí no interior de SP – surpreenda-se!

rota do vinho jundiaí

Última atualização em

A Rota do Vinho Jundiaí é oficialmente chamada de Rota da Uva. A fruta é protagonista dos sabores de vinhos e sucos que você pode degustar na região.

Percorrer a rota do vinho Jundiaí é uma experiência completa com direito a uvas, vinhos, sucos e muito mais. A paisagem é deliciosa e os restaurantes caseiros são incríveis! Alguns deles com degustações de doces e queijos maturados. Vale muito a pena passar um dia explorando esse percurso.

Rota do Vinho Jundiaí – como chegar e informações básicas:

Jundiaí fica a cerca de 50km da capital paulista e o que nos atraiu até a cidade foi a visita as adegas (a tal rota do vinho Jundiaí). Porém, ao pesquisar mais sobre a cidade, descobrimos que essa riqueza de destino tem 360 anos de idade tem muito mais a oferecer.

No caminho até a a rota do vinho Jundiaí, paramos para tomar um café da manhã no Frango Assado do Lago Azul pois sou viciada no pão caseiro com manteiga deles 🙂 O Lago Azul é um shopping sobre a rodovia dos Bandeirantes e fica no complexo dos parques Hopi Hari, Went n Wild e onde está o Premium Outlet.

Para quem chega diretamente em Jundiaí pode parar para tomar café da manhã no Verace Gelato e Caffé, na região central.

Começamos o passeio pelo centro da cidade, visitamos a Catedral Nossa Senhora do Desterro depois passamos pela Pinacoteca Municipal Diógenes Duarte Paes onde estão esculturas e obras de artistas brasileiros.

Saindo do centro fomos para a região de Caxambu onde estão as principais vinícolas. O caminho de carro até lá proporciona vistas incríveis das plantações de uva, de café e da serra do Japi. A direção é bem tranquila apesar das curvas e morros.

Jundiaí tem cerca de 9 adegas que fazem parte da rota da uva, selecionamos 3 para conhecer: Família Brunholi, Maziero e Beraldo di Cale. Mas você pode escolher outras que mais te interessar, em um dia dá pra parar em todas elas pois as visitas são rápidas. Veja aqui a lista completa com endereços e contatos.

rota do vinho jundiaí
Parreiras de uva no caminho para as adegas – foto Lu

Lista de adegas e nossa experiência em 3 delas:

  • Adega Fontebasso
  • Adega Maziero
  • Adega e Cervejaria Galvão
  • Adega Portugues
  • Beraldi di Cale
  • Família Brunholi
  • Juca Galvão
  • Vendramin
  • Vinhos Marquesin

A Família Brunholi é um cantinho da Itália em Jundiaí. A adega conta com um mini museu do vinho dentro de um tonel antigo. Logo ao lado estão algumas parreiras de uva que você pode ver e tirar algumas fotos no entanto, elas ficam para trás do alambrado (não da pra caminhar pelas parreiras).

A loja oferece degustação de todos os vinhos produzidos por eles. Lá você pode comprar os vinhos com descontos, cachaças, compotas de doces, pimentas, vinagres, azeites, cervejas etc. Sobre o sabor dos vinhos, em Jundiaí eles produzem os vinhos “da casa” feitos das uvas Bordô e Niagara.

A família também tem sua produção no sul com vinhos das uvas Malbec e Cabernet Sauvignon, ótima qualidade. O espaço ainda conta com um delicioso restaurante de massas frescas e uma mesa de frios de enlouquecer.

Seguimos para a Maziero, uma adega bem menor e famosa por ter fornecido os vinhos ao papa Bento XVI quando esteve no Brasil. Aqui você prova os vinhos direto dos barris de carvalho e pode bater um papo com o simpático dono que está sempre presente e conta tudo sobre a versão de Cabernet Sauvignon que produzem.

Nossa última parada foi a Bernardo di Cale, essa deve ser sua parada próxima ao horário do almoço pois o lugar é demais!! A adega tem um restaurante super tranquilo, com mesas no gramado sob a sombra das árvores. O clima é sensacional!

O espaço também conta com uma mini plantação de parreiras de uvas e claro, um empório para degustar os vinhos produzidos por eles. Você também pode comprar cachaças, licores, compotas, queijos maturados e frios. Tudo feito por eles!

A Bernardo di Cale certamente é a melhor adegada para o almoço da rota do vinho Jundiaí. As crianças podem correr pelo gramado e todos curtem, respiram ar puro e sentem o clima do interior de São Paulo.

Outras atrações da cidade fora da Rota do Vinho Jundiaí:

Onde se hospedar em Jundiaí:

Bom pessoal acho que é isso, essas são minhas dicas para você explorar a Rota do Vinho Jundiaí (e da uva rs). Qualquer dúvida é só me chamar nos comentários.

Leia mais sobre o interior de São Paulo:

O que fazer em Itu – a cidade dos exageros

Águas de São Pedro no interior de SP – dicas completas

O que fazer em Piracicaba – pertinho de São Paulo

Passeio pela Queijaria Rima em Porto Feliz ao lado de Itu

Salve esse artigo em seu Pinterest:

 

Planejando sua viagem em parceria com o blog:

bookingReserve seu hotel através da Booking.com, são milhares de opções no mundo todo com garantia dos melhores preços. Cancelamento gratuito, pagamento antecipado e confiança de uma empresa com mais de 20 anos atuando com reservas de hotéis

Seguro Viagem com a Seguros Promo. As melhores empresas do mercado, cobertura em todos os continentes, para todas as idades e com os melhores preços. Digite o cupom TURISTANDO5 ao realizar sua compra através dos links aqui do blog e ganhe 5% de desconto. 

cxbncv7e0ug4s8cAluguel de carro no mundo todo, com descontos de até 60%, em 12x sem juros e sem cobrança de IOF através da RentCars. Ela compara todas as operadoras atuantes de seu destino oferecendo melhores tarifas e condições. Flexibilidade e segurança para suas próximas Road Trips

Get Your Guide é uma opção que tem TUDO para sua viagem e com melhores preços; tours privados, transfers, ingressos fura filas, experiências e muito mais. Só o ingresso? Eles tem! Ingresso com transporte? Eles tem! Uma experiência completa por determinada região? Eles tem!

viator Tours guiados e privados, transfers e ingressos com a Viator Tours. Sua viagem toda organizada e independente com a Viator, a maior parte dos passeios são privados ou pequenos grupos, saída e retorno do seu hotel incluindo ingressos e transporte. Experiência completa.

3 thoughts on “Rota do Vinho Jundiaí no interior de SP – surpreenda-se!

  1. Uau, Lu, que delícia de post! Fiquei super feliz em descobrir mais uma região vinícola inusitada no país! Aqui em Brasília também temos uma região vinícola super descolada que nos proporciona momentos bem gostosos, quando tiver por aqui, vale a pena conhecer. Um beijo e obrigada por dividir esse achado com a gente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.