Rota do Vinho Jundiaí no interior de SP – surpreenda-se!

rota do vinho jundiaí

Última atualização em

A Rota do Vinho Jundiaí é oficialmente chamada de Rota da Uva. A fruta é protagonista dos sabores de vinhos e sucos que você pode degustar na região.

Percorrer a rota do vinho Jundiaí é uma experiência completa com direito a uvas, vinhos, sucos e muito mais. A paisagem é deliciosa e os restaurantes caseiros são incríveis! Alguns deles com degustações de doces e queijos maturados. Vale muito a pena passar um dia explorando esse percurso.

Rota do Vinho Jundiaí – como chegar e informações básicas:

Jundiaí fica a cerca de 50km da capital paulista e o que nos atraiu até a cidade foi a visita as adegas (a tal rota do vinho Jundiaí). Porém, ao pesquisar mais sobre a cidade, descobrimos que essa riqueza de destino tem 360 anos de idade tem muito mais a oferecer.

No caminho até a a rota do vinho Jundiaí, paramos para tomar um café da manhã no Frango Assado do Lago Azul pois sou viciada no pão caseiro com manteiga deles 🙂 O Lago Azul é um shopping sobre a rodovia dos Bandeirantes e fica no complexo dos parques Hopi Hari, Went n Wild e onde está o Premium Outlet.

Para quem chega diretamente em Jundiaí pode parar para tomar café da manhã no Verace Gelato e Caffé, na região central.

Começamos o passeio pelo centro da cidade, visitamos a Catedral Nossa Senhora do Desterro depois passamos pela Pinacoteca Municipal Diógenes Duarte Paes onde estão esculturas e obras de artistas brasileiros.

Saindo do centro fomos para a região de Caxambu onde estão as principais vinícolas. O caminho de carro até lá proporciona vistas incríveis das plantações de uva, de café e da serra do Japi. A direção é bem tranquila apesar das curvas e morros.

Jundiaí tem cerca de 9 adegas que fazem parte da rota da uva, selecionamos 3 para conhecer: Família Brunholi, Maziero e Beraldo di Cale. Mas você pode escolher outras que mais te interessar, em um dia dá pra parar em todas elas pois as visitas são rápidas. Veja aqui a lista completa com endereços e contatos.

rota do vinho jundiaí
Parreiras de uva no caminho para as adegas – foto Lu

Lista de adegas e nossa experiência em 3 delas:

  • Adega Beraldo di Cale
  • Adega Brunholi
  • Adega do Português
  • Adega Fontebasso
  • Adega Fratelli di Boschini
  • Adega Galvão
  • Adega Juca Galvão
  • Adega Marquesin
  • Adega Martins / Vinhos Don Martê
  • Adega Maziero
  • Adega Mingotti
  • Adega Negrini
  • Adega Oliveira
  • Adega Santa Cecília
  • Adega Sibinel
  • Adega Vendramin
  • Adega Villaggio Brunelli
  • Casa Cereser – Loja de Fábrica
  • Casa de Pizzo
  • Georges Aubert – ganhadora de prêmios
  • Vinícola Castanho
  • Vinícola Saccomani

A Família Brunholi é um cantinho da Itália em Jundiaí. A adega conta com um mini museu do vinho dentro de um tonel antigo. Logo ao lado estão algumas parreiras de uva que você pode ver e tirar algumas fotos no entanto, elas ficam para trás do alambrado (não da pra caminhar pelas parreiras).

A loja oferece degustação de todos os vinhos produzidos por eles. Lá você pode comprar os vinhos com descontos, cachaças, compotas de doces, pimentas, vinagres, azeites, cervejas etc. Sobre o sabor dos vinhos, em Jundiaí eles produzem os vinhos “da casa” feitos das uvas Bordô e Niagara.

A família também tem sua produção no sul com vinhos das uvas Malbec e Cabernet Sauvignon, ótima qualidade. O espaço ainda conta com um delicioso restaurante de massas frescas e uma mesa de frios de enlouquecer.

Seguimos para a Maziero, uma adega bem menor e famosa por ter fornecido os vinhos ao papa Bento XVI quando esteve no Brasil. Aqui você prova os vinhos direto dos barris de carvalho e pode bater um papo com o simpático dono que está sempre presente e conta tudo sobre a versão de Cabernet Sauvignon que produzem.

Nossa última parada foi a Bernardo di Cale, essa deve ser sua parada próxima ao horário do almoço pois o lugar é demais!! A adega tem um restaurante super tranquilo, com mesas no gramado sob a sombra das árvores. O clima é sensacional!

O espaço também conta com uma mini plantação de parreiras de uvas e claro, um empório para degustar os vinhos produzidos por eles. Você também pode comprar cachaças, licores, compotas, queijos maturados e frios. Tudo feito por eles!

A Bernardo di Cale certamente é a melhor adegada para o almoço da rota do vinho Jundiaí. As crianças podem correr pelo gramado e todos curtem, respiram ar puro e sentem o clima do interior de São Paulo.