Brasil, Enoturismo, Interior de São Paulo

Rota do Vinho Jundiaí no interior de SP – surpreenda-se!

Last Updated on 10 de dezembro de 2020 by Luciana de Campos Assis

A Rota do Vinho em Jundiaí é um passeio que certamente irá te surpreender! A fruta é protagonista dos sabores de vinhos e sucos que você pode degustar na região, acompanhados de uma excelente gastronomia e muita história.

Percorrer a rota do vinho Jundiaí é uma experiência completa com direito a uvas, vinhos, sucos, gastronomia, história e muito mais. A paisagem é deliciosa e os restaurantes incríveis! Alguns deles com degustações de doces e queijos maturados. Vale muito a pena passar um dia explorando esse percurso e conhecer mais da cidade.

Leia mais: Pousadas no interior de SP incluindo MG

Rota do Vinho Jundiaí – como chegar e informações básicas

rota do vinho Jundiaí
Logo que você entrar na rota do vinho já vai avistar parreiras. Vinícola Sacomani – foto Lu

Jundiaí fica a cerca de 50km da cidade de São Paulo e pode ser acessada através da rodovia dos Bandeirantes ou através da Anhanguera .

No caminho até a a rota do vinho Jundiaí, recomendo uma parada para o café da manhã no Frango Assado do Lago Azul, o pão caseiro com manteiga deles é sensacional. O Lago Azul também é um shopping sobre a rodovia dos Bandeirantes e fica junto com o complexo dos parques Hopi Hari, Went n Wild e Premium Outlet.

Se você prefere ir direto, entrando em Jundiaí faça uma parada rápida no Verace Gelato e Café para começar a exploração turística com o pé direito e um ótimo café da manhã. Outras duas opções para café da manhã são: Beatrice Bounlagerie na Rota do Centro Histórico e a Panificadora Vera Cruz na Avenida Cereser.

A Rota da Uva em Jundiaí está localizada no bairro de Caxambu que é um pouco mais afastado da região central da cidade. A Rota do Vinho comtempla várias adegas que estão, majoritariamente, no mesmo bairro (algumas podem ser mais afastadas). A principal rua da rota é a Avenida Cereser, nela e nas ruas que a cruzam, estão as principais vinícolas, restaurantes e lojas.

Leia mais: O que fazer em Holambra – cidade das flores

Onde se hospedar em Jundiaí

Recomendo a hospedagem no centro da cidade por contar com melhor infra hoteleira. Nossa opção quando vamos a Jundiaí é o VOA Convenience Hotel, no coração do centro histórico, infra ótimo e excelente custo.

Veja outras opções que são muito boas e econômicas abaixo:

Leia mais: Conheça a belíssima cidade de Águas de São Pedro

Booking.com

O que fazer em Jundiaí – dicas e roteiro

o que fazer em Jundiaí
Complexo Fepasa – Jundiaí foto Lu

A cidade de Jundiaí conta com muitas atrações turísticas que vão além da rota do vinho e suas vinícolas belíssimas. Você encontra opções históricas que nos ensinam muita da história do Estado de São Paulo, gastronômicas e bem divertidas.

Vou listar aqui as atrações turísticas e uma sugestão de roteiro básico. Mas tenha em mente que Jundiaí é uma cidade cheia de opções e que pode facilmente figurar a lista de passeios bate e volta ou de final de semana inúmeras vezes. Inclusive por oferecer diversos roteiros turísticos organizados.

  • Centro histórico: no centro histórico você pode conhecer a Catedral Nossa Senhora do Desterro na Rua Barão de Jundiaí, o teatro Polytheama Theater e Museu Histórico e Cultura de Jundiaí (também conhecido como Solar do Barão). Ali por perto também está a Pinacoteca Diógenes Duarte Paes.
  • Complexo Ferroviário Fepasa: um complexo ferroviário construído em 1890 pela Companhia Paulista de Estradas de Ferro para transportar bens aqui do interior de São Paulo até a capital que posteriormente chegavam no Porto de Santos. Você pode visitar locomotivas antigas, a estação original e aprender muita coisa legal. E no mesmo complexo está o Museu da Cia. Paulista que registram essa importante parte da história, principalmente para o transporte de ferro.
  • Parque da Cidade: um parque lindo que vale uma caminhada, inclusive a noite.
  • Serra do Japi: é um complexo com diversas trilhas e restaurantes com clima de montanha. Destaco aqui a Queijaria Pé do Morro (fica em território de Cabreúva já mas é na Serra), restaurante Fazenda Montanhas do Japi e essa parte do site do turismo local para acessar informações de trilhas (Córrego dos Morcego, Casa Conserveiro e Marco Geológico são as mais conhecidas).
  • Jardim Botânico: conta com uma área de 150.000 metros quadrados e nasceu para recuperação de áreas com histórico de degradação. É lindo! Nele você pode visitar um viveiro de mudas, um orquidário e fazer caminhada.
  • Fazenda Nossa Senhora da Conceição: fazenda histórica que produz café desde a época da escravidão. Manteve seus casarões intactos, incluindo as senzalas e hoje abri um museu histórico do café e um restaurante com mesas na área externa delicioso.
  • Rota do Vinho Jundiaí (também conhecida como Rota da Uva Jundiaí): falaremos em detalhes sobre ela logo abaixo.
  • Fábrica de chocolates D`Viez – provem as geleias cobertas de chocolate

Leia mais: Vinícolas em São Paulo – passeios que valem muito a pena

Rota do Vinho Jundiaí

rota do vinho em Jundiaí
Vinícola Sacomani Jundiaí – foto Lu

Percorrer a rota do vinho é fantástico e tivemos a oportunidade de viver essa experiência algumas vezes. Em uma delas, quem nos acompanhou foi a Mari, representante do Destino Jundiahy que são uma associação cujo objetivo é divulgar os roteiros turísticos da cidade.

Eles proporcionam passeios incríveis, seis roteiros turísticos: Rota do Vinho, Rota da Uva, Rota da Cultura Italiana, Rota da Terranova e a Rota do Castanho.

Saindo do centro fomos para a região de Caxambu onde estão as principais vinícolas. O caminho de carro até lá já proporciona vistas incríveis das plantações de uva, de café e da serra do Japi. A direção é bem tranquila apesar das curvas e morros.

Recomendo conhecer de 5 ou 6 delas por dia de viagem, sempre reservando um bom horário para almoçar tranquilamente. Veja a lista de todas as adegas da rota. Cada uma delas tem algo especial e que faz a visita valer a pena.

Confira aqui a lista completa de hotéis em Jundiaí

  • Adega Beraldo di Cale – espaço incrível para almoçar debaixo da árvore
  • Adega Villa Brunholi – tem uma fazendinha enorme para as crianças e é onde está o museu do vinho
  • Adega do Português
  • Adega Fontebasso
  • Adega Fratelli di Boschini
  • Adega e Cervejaria Galvão
  • Adega Marquesin
  • Adega Martins / Vinhos Don Martê
  • Adega Maziero – é a produtora do “vinho do papa” pois forneceu a bebida aos 2 papas que vieram ao Brasil
  • Adega Mingotti
  • Adega Negrini
  • Adega Santa Cecília
  • Adega Sibinel
  • Adega Vendramin
  • Adega Villaggio Brunelli
  • Casa Cereser – Loja de Fábrica e com um espaço histórico dentro dela
  • Casa de Pizzo
  • Vinícola Castanho
  • Vinícola Saccomani – linda! você pode visitar as parreiras e reservar um almoço no fogão a lenha que é ótimo

Leia mais: Resorts no interior de SP – uma lista completinha pra você!

Algumas vinícolas como a Mazieiro, Adega do Português e a Casa Cereser proporcionam uma visita mais rápida com uma passagem pela loja, degustação e compras. Outras como a Castanho, Sacomani, Brunholi e Beraldo di Cale demandam mais tempo para serem conhecidas em sua plenitude.

Todas elas oferecem degustações da bebida e de outros produtos como gin nacional, doces, compotas, licores, queijos e etc. Cada uma tem a sua história, suas especialidades e suas tradições. Por exemplo, na Beraldo di Cale você pode comprar uma bebida doce chamada Majeriquinha que dá doces incríveis.

Na Casa Cereser você pode comprar o vinho Dom Bosco que foi o primeiro da cidade e o espumante Georges Aubert que é ganhador de prêmios. A Villa Brunholi fabrica o próprio gin e vende kits para presentes com especiarias.

Leia mais: Rota do vinho em São Roque e o que fazer na cidade

Onde comer em Jundiaí (dentro e fora da Rota do Vinho)

Restaurante Spiandorello
Melhor comida tradicional que provamos – Restaurante Spiandorello
Frango com polenta do Restaurante Marquezin

A cidade de Jundiaí conta com muitas opções de bares, restaurantes e cafeterias deliciosas. Dá até pra percorrer um belo roteiro gastronômico completinho, passando por diversas cozinhas com destaque para a italiana e a brasileira histórica. Veja abaixo a lista de restaurantes que recomendo.

Especiais para passar um almoço ou até mesmo uma tarde bem gostosa:

  • Beraldo di Cale – tem um espaço incrível com mesas externas que ficam debaixo das árvores, espaço para crianças correrem livremente, uma horta e uma plantação de girassóis incrível que, quando florida, rende fotos maravilhosas. E claro, comida caseira de excelente qualidade e bons vinhos. O restaurante, adega e loja ficam no mesmo complexo.
  • Família Brunholi Restaurante – novamente reforço a beleza e encanto deste lugar. A Villa comtempla o restaurante, a fazendinha, museu do vinho e loja. A especialidade é cozinha italiana com massas frescas, molhos especiais e muito carinho e afeto. Eles aceitam pets no restaurante <3
  • Restaurante Spiandorello – comida tradicional da cidade desde 1958. Peçam a salada de rúcula com linguiça, é sensacional assim como a polenta e o pudim de leite. O ambiente também é incrível, espaço para crianças correr a beira do lago, mesas externas, parquinho e um corredor de bambus lindíssimo.
  • Recanto Marquesin – uma lugar lindo, ambiente perfeito para famílias com crianças pois o parquinho é ao lado das mesas. E também tem um lago grande no qual as crianças podem brincar de alimentar os patos. Peçam o frango com polenta que é super tradicional da cidade.
  • Fazenda Nossa Senhora da Conceição – aqui você visita a fazenda histórica que conta a história do café e mostra aspectos importantes da escravidão no nosso estado. Depois almoça em um ambiente MUITO GOSTOSO, florido, mesas na área externa, comida saborosa, parquinho para as crianças e atendimento nota mil.

Leia mais: Passeios perto de São Paulo para bate e volta ou esticadinhas

Especiais para um almoço ou jantar descontraído:

  • Open Tap – que lugar delicioso para tomar um chopp e comer um hambúrguer. Um espaço onde você encontra alguns carrinhos em estilo food truck com comida de rua e chopeiras self service.
  • Kiosque Roseira – a melhor coxinha de queijo da cidade e a melhor coxinha doce de uva. Sim, parece estranho pensar em provar uma coxinha doce mas façam, é incrível!
  • 430 Gradi Pizzaria – uma das pizzas mais tradicionais da cidade
  • Quintal Fratelli
  • Cortile Siciliano
  • Wiener Restaurante
  • Lisboa Culinária Portuguesa
  • Casa Cica
  • Vendinha do Alto – um restaurante de comida caseira incrível
  • Italianão – especializado em peixes aqui na Rota da Uva, também um espaço super agradável
  • Adega Fontebasso – também tem um restaurante lindo e com uma lasanha na telha deliciosa
  • Taverna – para provar bisteca bovina na chapa de ferro
  • Adega e Cervejaria Galvão – para provar os bolinhos de costela, a panceta de rolo ou a costela
restaurantes perto de SP
Open Tap

Confira aqui a lista completa de hotéis em Jundiaí

Jundiaí com crianças

Muitas pessoas me perguntaram se Jundiaí é realmente uma cidade para ir com crianças durante minha viagem pra lá (ela está toda salva aqui nos stories do Instagram). Minha resposta é: sim e não. Jundiaí pode, facilmente, ser um destino para os pequenos assim como um destino de passeio para casais e grupos.

Você pode pensar em percorrer a rota do vinho e realizar as degustações com calma, entrar em quase todas as adegas e posteriormente sair pra jantar ou curtir um hambúrguer no Open Tap. Passeio perfeito para ir sem crianças.

Você também pode se planejar para ir até a Villa Brunholi para passar o dia, deixar as crianças brincarem com os animais na fazendinha, no parquinho e com as frutas do pomar. Depois você pode almoçar no restaurante (que também tem área kids interna). Passeio perfeito para ir com crianças.

A Fazenda Nossa Senhora da Conceição também é um passeio ótimo para crianças, principalmente mais velhos que podem aproveitar o tour histórico em sua plenitude. E também tem o parquinho, galinhas, passeio a cavalo e muita área verde. Aos finais de semana há um mundo dos infláveis com pula pula e brinquedões.

Outra atividade que pode (e deve) facilmente ser inclusa no roteiro por Jundiaí com crianças é o Jumpark, um espaço enorme com diversos trampolins que os pequenos vão amar.

Leia mais: Sugestões de roteiros para viajar com crianças

Experiências especiais

experiências enoturísticas
Aula de vinho e viticultura na Enoconexão

Jundiaí também reserva uma série de experiências especiais relacionadas ao vinho e ao turismo. Aqui quero destacar algumas.

Enoconexão – é um espaço localizado aos fundos da adega Beraldo di Cale e que proporciona algumas oportunidades muito legais para amantes de vinhos.

  • Aula de vinificação
  • Suporte para que você possa produzir o próprio vinho
  • Degustações
  • Jantares harmonizados
  • Seminários e palestras

Fizemos uma aula de vinhos e vinificação que foi incrível! Rafael, proprietário da empresa, nos contou muito sobre a história do vinho de Jundiaí e do paulista. Também nos ensinou a desmistificar os sabores dos vinhos. Entre em contato com eles através do Instagram.

Outra empresa que merece destaque na linha de prover experiências é a Mania Jundiaí (antigamente chamada de Mania de Trilha). Com eles você pode agendar um tour histórico em ônibus vintage, trilhas, aulas de yoga e muitas outras atividades. Confira na página deles aqui no Instagram.

Leia mais: Conheça o Hotel Vinícola Família Davo em SP

Eventos e festas em Jundiaí

eventos em Jundiaí
Degustação na Enoconexão – foto Lu

O principal evento da cidade é a famosa Festa da Uva de Jundiaí que acontece todos os anos no mês de Janeiro por três semanas. Ela mobiliza o comércio e a população que volta suas atenções para o evento. Confira sempre a data por aqui.

Outros eventos que garanto serem interessantes, podem ser monitorados através das três páginas que já mencionei anteriormente: Enocoxão, Mania Jundiaí & Destino Jundiahy.

Leia mais: O que fazer em Aparecida do Norte – SP

Conclusão

o que fazer em Jundiaí
Jundiaí <3

Bom pessoal, acho que é isso! Jundiaí é uma cidade fantásticas, com história, gastronomia, atividades para crianças e muita oportunidade de experiências enoturisticas. Lugar ideal para um passeios bate e volta de SP ou para um final de semana prolongado.

Alguns highlights para facilitar sua viagem:

  • Hospede-se no VOA Convenience Hotel para algum centralizado, econômico e super confortável
  • Opte pelo Quality Hotel Jundiaí para um hotel de rede com infra completa e piscina
  • Adagio Jundiaí Shopping caso queira estar próximo ao shopping e quartos com mini cozinha
  • Planeje um passeios pelo Centro Histórico, Complexo Fepasa e Rota do Vinho
  • Na Rota do Vinho não deixe de conhecer as vinícolas: Castanhos, Sacomani, Mazieiro (vinho do papa), Villa Brunholi e Beraldo di Cali sendo as duas últimas perfeitas para almoço
  • Com crianças: Villa Brunholi para curtir a Fazendinha e o Pomar
  • Não deixe de conhecer o Restaurante Spiandorello e seu corredor de bambus
  • Não deixe de comer a melhor coxinha de queijo e de uva no Kiosque Roseira
  • Entre em contato com a Destino Jundiahy para se informar
  • Para experiências enoturísticas fale com o pessoal da Enoconexão
  • Para experiências no geral fale com Mania Jundiaí

Salve esse artigo em seu Pinterest:

5 thoughts on “Rota do Vinho Jundiaí no interior de SP – surpreenda-se!

  1. Uau, Lu, que delícia de post! Fiquei super feliz em descobrir mais uma região vinícola inusitada no país! Aqui em Brasília também temos uma região vinícola super descolada que nos proporciona momentos bem gostosos, quando tiver por aqui, vale a pena conhecer. Um beijo e obrigada por dividir esse achado com a gente!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.