Como viajar com milhas – manual completo e atualizado!

Última atualização em

Como viajar com milhas foi a pesquisa que fiz quando recebi meu primeiro cartão de crédito! Foi quando descobri que, minhas compras no supermercado ou em qualquer estabelecimento, poderiam se transformar em um cafézinho em Nova York.

E a resposta da pergunta “como viajar com milhas” parece ser bem simples. Mas, existem alguns segredos e macetes que ninguém te conta tão facilmente. Aqui vou compartilhar com você minhas descobertas até o momento e SEMPRE que encontrar alguma novidade voltarei aqui para atualizar esse texto.

Como viajar com milhas - manual completo e atualizado!

Se entendendo com os programas de milhas:

Antes de falar como viajar com milhas, vamos falar dos programas de milhagens e alianças. Basicamente existem 3 grandes alianças aéreas que funcionam como hubs agregadores de programas de milhas mundo afora. Quase toda companhia aérea está associada a uma dessas 3 alianças e somente a uma delas.

Mesmo que a companhia aérea tenha seu próprio programa de milhas, ela opta por se associar a uma dessas alianças normalmente. Por exemplo, a Latam tem o programa LATAM Multiplus Fidelidade, no entanto faz parte da aliança Oneworld. Quem é associado ao Multiplus tem os benefícios da LATAM e da Oneworld. E quais são essas alianças?

  • Skyteam
  • Oneworld
  • Star Alliance
como viajar com milhas
como viajar com milhas oneword
como viajar com milhas star alliance

Importante ressaltar que você não consegue fazer um cartão de milhas diretamente com cada aliança. Você precisa fazer um cartão de milhas de uma das companhias aéreas participantes do grupo. E minha recomendação, para uma cobertura completa de milhas, é ter um cartão que faz parte de cada aliança.

Você pode (e deve) escolher a companhia aérea de sua preferência para se associar. Dessa forma, você terá acesso as vantagens do programa local. Não deixe de ter um cartão de cada aliança & apenas um de cada. Por que apenas um? Para evitar pontuações da mesma aliança em diferentes programas. Você não conseguirá viajar com milhas dessa forma.

SEGURO VIAGEM INTERNACIONAL COM até 10% de DESCONTO uma parceria especial para você Turistando com a Lu & SEGUROS PROMO. Clique aqui para mais detalhes e para solicitar seu orçamento com nosso desconto especial.

E quais as vantagens dessas alianças?

Uma vez que você tem o cartão de milhagem que faz parte dessa aliança, você pode trocar pontos por passagens e pontuar seus voos com qualquer companhia aérea dela. Por exemplo, a Sky Miles da Delta faz parte da Skyteam, assim como a Alitalia.

Então, ao acumular milhas voando pela Delta você pode trocar passagens pela Alitália. Assim como, quando voar pela Alitalia poderá pontuar suas milhas no Sky Miles da Delta.

Na hora de trocar as milhas por voos você precisa, primeiramente você pode verificar a disponibilidade no site de seu programa de milhagem. Alguns programas abrem o campo de pesquisa com milhas para companhias aéreas parceiras. Caso não encontre essa opção, basta entrar em contato com a central de atendimento que eles conseguem fazer as buscas.

Ou seja, tendo um programa de milhagem de cada uma das alianças globais, você garante que receberá milhas por praticamente todos os voos que pegar, independente da companhia aérea, destino etc. 

Como funcionam os programas de milhas brasileiros:

Aqui no Brasil temos os seguintes programas: Smiles da Gol, Multiplus ou Fidelidade da LATAM e o Tudo Azul das Azul Linhas Aéreas. A LATAM faz parte da Oneworld e os demais não são associados a nenhuma delas. Porém vale ressaltar que a Smiles e Gol tem parcerias independentes com quase todas as companhias do Skyteam, funciona praticamente como parte do grupo mesmo não sendo.

viajando com milhas voegol smiles
Parceiros Smiles

Com esses programas locais, você está limitado a trocar suas milhas por voos com a própria companhia aérea ou com alguma parceira. Mas vale a pena ter cartões fidelidade dessas companhias brasileiras?

SIM, você não paga nada por isso, eventualmente, quando voar pela companhia pontuará, pode transferir os gastos do cartão de crédito pra eles e tem cobertura nacional de voos completa. Já troquei muita passagem com a Azul apenas com pontos do cartão de crédito. Sem falar nos clubes de vantagens, falarei mais adiante.

Como viajar com milhas dos programas brasileiros (Smiles & Tudo Azul)?

  1. Voando com a companhia ou alguma parceira
  2. Transferindo os pontos do cartão de crédito
  3. Assinando o clube de vantagens do programa

1. Voando com a companhia ou alguma parceira

Essa opção é simples, tenha os números de todos os programas fidelidade sempre em mãos. Ao pegar um voo com a companhia ou parceira, peça para pontuar.

SEMPRE guarde os cartões de embarque pois, caso a companhia aérea não faça a pontuação correta no aeroporto, você poderá faze-lo em casa mas PRECISARÁ do cartão de embarque, aquele que você recebe ao fazer o check in sabe?

Observação importante, existem algumas categorias de voos que não pontuam. Geralmente são voos comprados com milhas ou cortesias. Mesmo passagens promocionais pontuam.

como viajar com milhas latam
Viajando de LATAM com milhas que acumulamos com a Delta – foto Lu

2. Transferindo os pontos do cartão de crédito

Primeiro passo é pedir ao seu banco quais são as opções de cartões que você tem direito e quais os benefícios de milhas que cada um deles oferece. TODO banco tem cartões com pontuações para as companhias aéreas.

O que pode variar é bandeira e categoria do cartão e consequentemente a quantidade de pontos acumulados por U$ gasto. Todo valor de suas compras é convertido para U$ no final do mês e com base nesse valor o banco disponibiliza os pontos para que você possa transferi-los.

No Itaú por exemplo, há cartões VISA que pontuam automaticamente na conta Multiplus (sem você fazer a transferência manualmente). Isso pode ser ruim, se você quer voar com a Azul não vai conseguir. No entanto, no Itaú também há opções Mastercard que pontuam na conta e você pode transferir para Tudo Azul, LATAM ou Smiles.

Falando apenas do Itaú ainda, há diferentes cartões; categoria Plantinum que pontua 1.5 pontos para cada U$1 gasto ou Black que chega a pontuar 2 pontos por U$2. Por isso é imprescindível pedir quais as opções seu banco oferece e escolher a que melhor se encaixa em seu perfil.

Cartões Platinum e Black têm anuidade alta? Sim, elas custam em média R$450 por anos. Contudo você pode negociar com o banco a isenção dependendo de seus recursos investidos com o banco e dos gastos mensais no cartão.

Fonte da foto: www.qifinanceiro.com.br

3. Assinando o clube de vantagens do programa

Uma vez que você fez verificou qual o melhor programa pra você (Tudo Azul ou Smiles) e alinhou as expectativas em relação aos pontos do cartão de crédito. Recomendo estudar quais são os programas de clube e/ou vantagens de seu escolhido e avaliar o investimento.

O que são esses programas? São assinaturas que você faz para ganhar milhas mensalmente, ter benefícios extras como maior pontuação em voos com a companhia, despacho grátis de bagagem e acesso antecipado as promoções. Todas as opções têm um custo mensal e as milhas recebidas pelo clube também expiram.

Portanto amigos, assinar o clube é um investimento. Vale a pena? SIM, vale muito a pena se você tem planos de voar dentro do período de validade das milhas (2 anos). NÃO vale a pena pra ir acumulando sem ter planos concretos ou sonhos/projetos mais firmes.

As milhas do clube juntamente com os pontos do cartão de crédito, se bem gerenciadas, podem render uma viagem internacional por mês (tomando como base um gasto mensal de R$3500 no cartão). Participando do clube você receberá e-mails com promoções como:

  • Transfira seus pontos do cartão de crédito e ganhe 50% a mais em pontos
  • Compre milhas com 75% de desconto
  • Trechos VCP – Miami estarão com 30% de desconto apenas para assinantes do clube amanhã

Fique sempre no aguardo de uma delas para movimentar seus saldos! SEMPRE! Outra dica importante para quando você não tiver pontos suficientes e precisa comprar um trecho. Verifique se a comprar os pontos que lhe falta não sai mais em conta do que a passagem em si.

Aproveito pra deixar aqui meu manifesto: “compre até cafézinhos com seu cartão de crédito”, cada café pode representar uma milha rs. De café em café você vai parar em Roma!!!  Brincadeiras a parte, use e abuse do seu cartão de crédito, as taxas e anuidade independem do valor que você gasta mensalmente.

Se organize e jogue tudo que puder no cartão. Mas atenção, não gaste mais do que pode rsrs, por que aí não vai sobrar dinheiro pra viajar.

programa tudo azul para viajar com milhas
Vantagens do programa em 2019 – print do site Tudo Azul

Quais programas de milhagem escolher então?

Recomendo você ter um cartão para cada uma das alianças que falamos acima (Star Alliance, Oneworld e Skyteam) sendo que para a Oneworld escolha a LATAM por ser local. Exceto se você mora fora e usa muito mais a Alitalia por exemplo, aí escolha ela.

Além desses cartões com as alianças, faça um local Tudo Azul ou Smiles para aproveitar as vantagens dos clubes e usar os pontos do cartão de crédito. A escolha por um ou pelo outro deve ser embasada nos benefícios de seu cartão de crédito para eles e em seu perfil.

Por muitos anos fui assinante do Smiles e gostei muito. No entanto, agora que temos filho, prefiro Tudo Azul pois os voos são mais confortáveis e há muitas opções partindo do aeroporto mais próximo de casa (Viracopos).

No caso da Smiles, lembre-se que é praticamente parte da Skyteam. Então, se você fizer um cartão da Delta e um do Smiles pode ser que eles concorram em determinados momentos e você tenha de escolher em qual delas pontuar.

Minha estratégia:

  • Tudo Azul (Azul) – aqui eu coloco os pontos do cartão de crédito e faço parte do clube Tudo Azul
  • Sky Miles (Delta) – para eventuais voos com a Skyteam
  • Multiplus (LATAM) – minha opção Oneword + pontos do cartão de crédito do marido
  • Miles & More (Lufthansa) para eventuais voos com a Star Alliance

Bom pessoal, essas são minhas dicas de como viajar com milhas. Já fiz muitos voos com milhas e pretendo fazer muito mais. É uma estratégia que dá um pouco de trabalho SIM mas, economicamente falando vale muito a pena.

Salve o artigo Como Viajar com Milhas em seu Pinterest:

COMO VIAJAR COM MILHAS
Miami Beach – foto Lu

 

Planejando sua viagem em parceria com o blog:

bookingReserve seu hotel através da Booking.com, são milhares de opções no mundo todo com garantia dos melhores preços. Cancelamento gratuito, pagamento antecipado e confiança de uma empresa com mais de 20 anos atuando com reservas de hotéis

Seguro Viagem com a Seguros Promo. As melhores empresas do mercado, cobertura em todos os continentes, para todas as idades e com os melhores preços. Digite o cupom TURISTANDO5 ao realizar sua compra através dos links aqui do blog e ganhe 5% de desconto. 

cxbncv7e0ug4s8cAluguel de carro no mundo todo, com descontos de até 60%, em 12x sem juros e sem cobrança de IOF através da RentCars. Ela compara todas as operadoras atuantes de seu destino oferecendo melhores tarifas e condições. Flexibilidade e segurança para suas próximas Road Trips

Get Your Guide é uma opção que tem TUDO para sua viagem e com melhores preços; tours privados, transfers, ingressos fura filas, experiências e muito mais. Só o ingresso? Eles tem! Ingresso com transporte? Eles tem! Uma experiência completa por determinada região? Eles tem!

viator Tours guiados e privados, transfers e ingressos com a Viator Tours. Sua viagem toda organizada e independente com a Viator, a maior parte dos passeios são privados ou pequenos grupos, saída e retorno do seu hotel incluindo ingressos e transporte. Experiência completa.

2 thoughts on “Como viajar com milhas – manual completo e atualizado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.