Interior de São Paulo

O que fazer em Serra Negra

O que fazer em Serra Negra – Circuito das Águas Paulista

Last Updated on 24 de agosto de 2020 by Luciana de Campos Assis

O que fazer em Serra Negra é um artigo que traz informações básicas e muitas dicas incríveis da segunda cidade mais movimentada da Serra da Mantiqueira (depois de Campos do Jordão).

O que fazer em Serra Negra é praticar turismo de experiência e rural. É mergulhar nos encantos do Circuito das Águas Paulista através de visita em fazendas, degustações, muito contato com a natureza de desfrutar da forte gastronomia local. Sem contar na excelente infraestrutura hoteleira e no comércio.

Leia mais: Resorts em SP – 19 opções de resorts e hotéis fazenda

Booking.com

O que fazer em Serra Negra em vídeos

Já perdi as contas de quantas vezes estive em Serra Negra, tamanho meu carinho pela cidade. Em uma dessas viagens fiz um vídeo especial pra vocês. Também compartilhei muitas dessas idas até lá em meu Instagram, vou deixar os links abaixo pra conferir e já ir animando!

Para acessar as pastinhas em destaque no Instagram clique aqui e para assistir os vídeos do YouTube é só apertar o play abaixo.

YouTube Turistando com a Lu
YouTube Turistando com a Lu

Como chegar em Serra Negra e circular pela cidade

Serra Negra está localizada na Serra da Mantiqueira no interior de São Paulo. Faz divisa com Lindoia e Amparo, região conhecida pelo Circuito das Águas Paulistas. Está a exatos 157 kms da capital do Estado. Pra quem mora em Campinas ou em outras cidades do interior, Serra Negra está mais próxima ainda (menos de 60kms).

O acesso de São Paulo se dá pela Rodovia dos Bandeirantes. Pra quem vem de Campinas, uma boa rota é passar por dentro das cidades de Jaguariúna, Pedreira e Amparo. Quem sabe até uma pausa para um café fresco no caminho.

Leia mais: Pousadas no Interior de SP, são + de 25 opções incluindo MG

Para circular pela cidade é melhor estar de carro, especialmente para visitar as atrações mais distantes como o famoso parque dos macacos. Ou para desfrutar da rota do vinho e queijo (se você contar com um motorista da rodada). Para as atrações e pontos turísticos de Serra Negra centralizados dá pra estacionar o carro próximo ao teleférico e fazer tudo caminhando.

De qualquer maneira, caso você vá de ônibus para Serra Negra, há opções de passeios para todos esses lugares mais distantes com transfer incluso. Você pode contrata-los na praça central, em frente a rodoviária pertinho do teleférico.

Dica: uma das coisas mais gostas de se fazer no caminho para Serra Negra ou no trajeto da cidade até os passeios mais afastados é desfrutar da paisagem pela janela do carro ou ônibus. Montanhas verdes, céu azul e muito ar puro!

O que fazer em Serra Negra
A caminho de Serra Negra – foto Lu

Quando visitar Serra Negra

O ano inteiro! No inverno você vai curtir o clima de montanha que a serra da Mantiqueira proporciona, tomar chocolate quente pelas ruas e comprar roupas de frio. A Rota Turística do Queijo e Vinho também é deliciosa para ser desbravada no inverno e há muitos hotéis com piscina aquecida em Serra Negra.

No verão você vai curtir as atrações da cidade e também aproveitar o parque aquático Balneário Municipal de Águas e desfrutar da infra e das piscinas incríveis que diversos hotéis oferecem. Serra Negra é um polo hoteleiro ótimo pra descansar e curtir em família e dá pra aproveitar o ano inteiro.

Leia mais: O que fazer em Campos do Jordão em 2 dias

Onde se hospedar – bairros e sugestões de hotéis:

Há dois estilos de hospedagem em Serra Negra: hotéis simples e econômicos. E hotéis com infraestrutura estilo de resort, refeições inclusas, piscinas etc. Há pontos positivos em ambos estilos!

Nós já testamos hotéis dos dois jeitos e o que posso dizer é que tudo depende do objetivo de sua viagem. Se você quer passear pelo centro, curtir o clima e principalmente descansar; invista em um bom hotel com infra e refeições.

Agora, se o seu objetivo é passear, turistar por todas as atrações e passeios, ir as compras e percorrer a rota turística do queijo e vinho. Um hotel centralizado e econômico atenderá bem sua demanda pois você ficará pouco tempo nele certo? Aqui vão minhas sugestões.

Confira aqui a lista completa de hotéis, resorts e pousadas em Serra Negra

Hotéis econômicos

Hotel Montana: 3 estrelas em frente a praça do teleférico, localização perfeita. O café da manhã é ótimo e bem completo. Só deixa a desejar pela falta de aquecedor nos quartos. De qualquer maneira, as mantas e cobertas são bem quentinhas.

Serra Negra Paladium Hotel: o melhor 3 estrelas do centro pelas avaliações do Booking. A localização é perfeita, o café da manhã completo, quartos com aquecimento e estacionamento gratuito para os hóspedes. Recomendo!

onde ficar em serra negra
Hotel Paladium – foto divulgação

Serra Negra Palace Hotel: 3 estrelas excelente! Esse hotel fica no coração do centro da cidade, está todo renovado, tem um dos melhores cafés da manhã, copa do bebê, academia e aquecimento. O único inconveniente é que ele não é tão econômico assim, não chega a custar o valor dos resorts mas é cerca de 40% mais caro que os dois mencionados acima.

o que fazer em serra negra palace hotel
Palace Hotel – foto divulgação

Hotéis com infraestrutura e refeições

Grand Resort Serra Negra: um complexo 4 estrelas que está a apenas 1.5 kms do centro e é totalmente abraçado pela natureza. Quartos amplos, duas piscinas esternas e climatizadas, uma piscina coberta e aquecida, quadras, sala de jogos, parquinho de areia para os pequenos, academia e programações especiais durante as férias em Serra Negra.

Todas as refeições estão inclusas nas diárias e são ótimas, o resort é um casarão histórico lindo. Tivemos a oportunidade de conhecer o Grand Resort recentemente e voltamos pra casa encantados. Fiz um texto especial para falar dele, veja abaixo.

Leia mais: Grand Resort Serra Negra – como foi nossa experiência

Edu curtindo o Grand Resort em Serra Negra – foto Lu

Radio Hotel Resort: uma excelente escolha de resort para descansar em Serra Negra. Além de toda infra (piscina aquecida, quarto incrível, quadras, academia, refeições, play kids e etc.) o Radio Hotel está no coração do centro. Então ele une as duas opções de hospedagem que falo neste artigo, exceto pelo preço, que é bem salgadinho. Mas se você quer descansar e curtir o hotel, vale muito a pena.

o que fazer em serra negra
Radio Hotel – o espaço kids é incrível – foto divulgação

Molise Hotel Fazenda: um lugar lindo e gostoso de passar horas descansando e passeando pelo espaço verde que o cerca. A comida aqui é deliciosa e há diversas atividades para serem feitas no hotel incluindo degustação de cervejas produzidas ali mesmo. Pontos positivos; copa do bebê, espaço kids, piscina com borda infinita e tarifas bem amigáveis. O único ponto de atenção é que o Molise está a 4kms do centro da cidade e a piscina não é aquecida.

o que fazer em serra negra
Molise Hotel Fazenda – foto divulgação

Pousada Santa Thereza: especial para casais. Ela é LINDA! Toda renovada, com piscina aquecida, hidromassagem, café da manhã colonia e um clima romântico que você vê em cada detalhe do lugar.

o que fazer em serra negra
Pousada Santa Thereza – foto divulgação

O que fazer em Serra Negra

Antes de falar sobre uma viagem para Serra Negra e o que visitar em Serra Negra, quero falar um pouco da região do Circuito das Águas Paulista. Ali é tudo muito próximo; você vai notar que algumas atrações finais dessa lista estão bem na divida entre Serra Negra e Amparo.

Então estamos falando de um destino que pode ser explorado facilmente com um bate e volta, durante um final de semana ou até mesmo em mais dias de férias, combinando outras cidades. O circuito das águas é comporto pelas seguintes cidades: Águas de Lindoia, Amparo, Holambra, Jaguariúna, Lindoia, Monte Alegre do Sul, Pedreira, Serra Negra e Socorro.

Leia mais: O que fazer em Holambra

Lista de atrações e passeios em Serra Negra

Vou listar todas as atrações turísticas e passeios de Serra Negra. Vou coloca-los em ordem de popularidade geral e que teve muito a ver com o que fizemos em nossas viagens.

A Rota Turística do Queijo e Vinho vai ficar por último mas é uma das atrações mais legais no entanto tem muita informação pra falar dela <3 por isso fica lá embaixo neste artigo.

Teleférico e Cristo Redentor

Uma cadeirinha ao ar livre (bem emocionante diga-se de passagem) que sai de uma praça no centro da cidade até um morro onde está uma estátua do Cristo Redentor. O trajeto de ida e volta custa R$18 por pessoa e crianças até 2 anos não pagam mas devem ir acompanhadas de um dos pais na mesma cadeirinha cadeira.

Edu ficou bonzinho no percurso todo mas eu gastei saliva falando da “floresta ali embaixo, que o macaco mora ali e etc.

No alto do morro você pode fazer passeios de quadriciclo, de cavalo ou tomar um café e apreciar a vista linda. Na parte baixa você encontra lojinhas, um parquinho para crianças e a cervejaria local Dortmund Bier, cada cerveja de 600mls custa R$24 e são deliciosas, tem APA, IPA, Pilsen, Stout e outras.

o que fazer em serra negra
Vista da parte alta do teleférico – foto Lu

Visita a cervejaria Dortmund Bier

As visitas acontecem de sexta-feira às 19:30 e de sábado as 15:30, 16:30 e 17:30. Duram cerca de 45 minutos e o valor por pessoa é de R$ 30,00 dando direito a degustação de 4 estilos de cerveja (direto do tanque) e um brinde. O agendamento por ser feito pelo telefone (19) 9 9601-3244 ou (19) 3938-4647. Menores de 18 anos não podem entrar, nem acompanhados dos pais.

Também tem um restaurante e loja de souveniers no local. Vale muito a pena pra quem gosta de cerveja, que por sinal, é deliciosa! O restaurante abre pro jantar de sexta a domingo.

Confira aqui a lista completa de hotéis, resorts e pousadas em Serra Negra

o que fazer em serra negra
Visita a fábrica e degustação de cervejas Dortmund Bier – foto divulgação

Disneylândia dos Robôs

Imperdível para TODAS as idades. Um Castelo recheado de robôs e automações feitas com sucatas. Um trabalho lindo e que faz os olhos das crianças (e dos adultos) brilharem. A entrada custa R$13 por pessoa e pode ser considerado um passeio rápido (mas muito legal).

Passeio de Trem

O Trenzinho Maria Fumaça sai de frente da rodoviária e passa pelas principais atrações da cidade. É um passeio muito recomendado para quem viaja com crianças e/ou quer ter uma visão panorâmica da cidade antes de entrar nas atrações turísticas.

Macaquinhos Turismo

Espaço aberto ao redor de um lago com uma ilha de macacos centralizada e muitas atividades por lá; pedalinho, tirolesa, arvorismo e passeios de cavalo ou quadriciclo. Tem um parque infantil ótimo também. Entrada gratuita e cada atração custa em média R$15 por pessoa. Ao chegar você recebe uma comanda na qual vai anotando o que consome para pagar tudo no final.

Tem um restaurante que serve refeições, banheiros com trocadores para bebês e muita sombra. O contato com os animais da fazenda é algo bem legal para crianças pequenas. O Macaquinhos Turismo também tem chales e piscinas para os hóspedes.

O que fazer em Serra Negra
Macaquinhos Turismo – foto Lu

Fonte Santo Agostinho

Uma das 10 nascentes de água mineral radioativa que tem substâncias e minerais com propriedades medicinais. A entrada ao parque é gratuita.

Balneário Municipal de Águas – Conjunto Aquático Municipal

Complexo com piscinas públicas para diversão em família. A entrada custa 10 reais e as piscinas não são aquecidas, deixe essa atração de fora de seu roteiro caso viaje no inverno.

Alto da Serra

Um lugar com aquela vista de tirar o folego! É recomendado ir no final do dia para apreciar o pôr do sol no entanto há relatos que esse horário, a atração fica bem movimentado. É possível comprar um passeio de trilha até o pico ou ir de carro.

Praça João Zelante

É a praça central de Serra Negra e nela estão diversos bares e restaurantes legais como Café Boteco e Família Gianotti. Há um coreto e um espaço para eventos. Durante o festival de inverno é aqui que acontecem os shows. Recomendo um passeio noturno ou um café nela em meio as compras.

Praça João Zelante
Praça João Zelante – foto Lu

Compras em Serra Negra

Muitas pessoas vão a Serra Negra para ir as compras de roupas de inverno, doces, cachaças, queijos e embutidos. O centro da cidade está recheado de lojas que oferecem esses produtos a preços muito bons. Se você optar por seguir a rota turística do queijo e vinho que falo abaixo, guarde um pouco do orçamento para comprar vinhos e queijos por lá também.

Rota Turística do Queijo & Vinho

Essa é uma das preciosidades que muitas vezes é ignorada na listinha de o que fazer em Serra Negra, uma pena! É um passeio lindo, diferente, saboroso e econômico. São diversas fazendas produtoras de vinhos, cachaças, queijos e outras iguarias que formam esse itinerário chamado de Rota Turística do Queijo e Vinho.

Vou listar quais são as fazendas e explicar um pouco de cada uma. Para quem viajar com crianças, é uma excelente maneira de coloca-los em contato com os animais, em todas elas há vaquinhas e galinhas circulando pela fazenda.

Também tem muito espaço para que eles corram livremente respirando esse ar puro das montanhas enquanto mamãe e papai se divertem com as degustações. Sem contar que você pode levar pra casa produtos fabricados por ele para esticar esse gostinho de clima de fazenda.

Trouxemos vinho, queijo, linguiça defumada e goiabada que proporcionaram uma noite deliciosa em casa. Cada item compramos em uma dessas fazendas. Por fim, para chegar até elas é necessário carro. No entanto, se você não conta com um motorista da rodada e pretende degustar, vá até a rodoviária que há quiosques que vendem esses tours.

Família Silotto

Endereço: Rodovia SP 360, Km 158,5, s/n, Serra Negra

Uma fazenda familiar que abriu suas portas para o turismo e faz isso com maestria. Ao chegar lá, logo na entrada você vai encontrar um museu do vinho que fica dentro de um antigo tonel de armazenamento da bebida.

Seguindo pela fazenda você pode visitar a loja e realizar a degustação de vinhos e cachaças gratuitamente. Estão a venda todas as bebidas produzidas pela família, queijos, doces, pimentas, embutidos e alguns itens de artesanato. A cachaça azul da Família Silotto é muito famosa por seu sabor e suavidade.

Na parte mais funda da fazenda há um alambique que, em dias de produção de cachaça, proporciona uma experiência bem interessante de visitação. Nos meses de janeiro e fevereiro você também irá presenciar o processo de produção dos vinhos.

Sobre os vinhos da Família Silotto – são produzidos vinhos do porto e de mesa das uvas Bordô e Moscatel na cidade de Serra Negra. A família também conta com vinhedos no Sul onde produzem Cabernet Sauvignon e Merlot. Gostei muito da qualidade, achei suave e apesar de não irem para tonéis, não são gaseificados.

família silotto
Família Silotto – foto Lu

Fazenda Chapadão

Endereço: Rodovia SP 105 (Rodovia Doutor Rubens Pupo Pimentel) – KM 5

Produtora de queijos artesanais e local onde você pode acompanhar, de longe, o processo de produção do queijo. Uma fazenda com as vaquinhas bem pertinho do você para a diversão das crianças. A degustação de três tipos de queijo acompanhada de vinhos da Família Carra custa R$20 por pessoa e você pode comprar peças dos que mais gostar.

Vinícola Família Carra – Sítio Bom Retiro

Endereço: Rodovia SP 105 (Rodovia Doutor Rubens Pupo Pimentel) – KM 9,3. Territorialmente ela já está em Amparo mas ;e bem na divisa com Serra Negra –

Um passeio incrível! A vinícola fica a poucos metrôs da Fazenda do Chapadão e tem um ambiente delicioso e vinhos melhores ainda. Eu diria que é um passeio imperdível, se você tem tempo de ir em apenas um dos estabelecimentos da Rota Turística do Queijo e Vinho, esse e o lugar que você deve ir.

Há dois espaços na fazenda, um é com objetos históricos da família incluindo uma árvore genealógica de garrafas de vinhos (tem vinho de 100 anos ali). É nesse espaço que acontece a degustação dos 9 tipos de vinhos produzidos pela vinícola (custa R$40 e você ganha uma taça de cristal). Também tem degustação de cachaças por R$80 por pessoa.

O segundo espaço é a loja com os vinhos, cachaças, biscoitos e algumas souveniers. Adorei a bebida, achei de altíssima qualidade e trouxe pra casa algumas garrafas. Depois da degustação você pode passear pelos jardins da fazenda, é bem gostoso.

Sobre os vinhos da Família Carra – produção de vinhos a base de uvas Cabernet Sauvignon, Merlot, Bordô, Tannat, Lorena e Moscatel. Não vão para barricas no entanto são muito suaves e delicados. A vinícola inovou e trouxe para o Brasil o Demi Panachê, uma bebida francesa a base de vinho e própria pro verão.

o que fazer em serra negra
Família Carra – foto Lu

Fazenda Vale do Ouro Verde

Endereço: Rodovia SP-360, Km 158,5 – S/N, Serra Negra

Um local especial para amantes de café, que oferece o passeio cultural “Do Cafezal ao Cafezinho“. Os turistas caminham pelas plantações acompanhados de um guia que explica todo o processe, desde a plantação até a bebida quentinha na xícara. É preciso realizar agendamentos pelo site.

Á fazenda também conta com um pequeno Museu do Café e com uma loja chamada Empório do Vale onde você pode comprar grãos e pó do café deles.

fazenda ouro verde
Fazenda Ouro Verde – foto divulgação

Sítio Rio das Pedras

Endereço: Rodovia SP 105 (Rodovia Doutor Rubens Pupo Pimentel) – KM 3,5

Uma pausa para almoçar comida caseira, feita no fogão a lenha e com um sabor autêntico do interior de São Paulo. Parada imperdível aos amantes de gastronomia e boa culinária.

Sítio rio das pedras
Sítio Rio das Pedras – foto divulgação

Passeios na divida de Serra Negra e Amparo

Fazenda Benedetti

Uma fazenda especial, toda preparada para receber famílias, histórica e aconchegante. Nela você vai encontrar uma cafeteria pet friendly, mesas na área externa integradas com muita área verde, uma loja de produtos locais, um museu de cachaça e da história da família, um alambique com sala para degustar vinhos, cachaças e embutidos.

O espaço é lindo, as crianças amam, podem brincar com as galinhas, correr em volta do lago e torcer para uma jaguatirica aparecer pra tomar água. Podem colher morangos na horta orgânica e brincar no trator quase centenário da fazenda.

O carinho com que tudo é feito na Fazenda Benedetti é sentido em cada detalhe, uma flor aqui, outra acolá, uma área para alimentar os pássaros, a padaria familiar que perfuma o ambiente, a casa original do fundador ali ao fundo. Enfim, é tudo impressionante e delicioso! Parada mais que obrigatória.

DICA: curta a fazenda depois peça uma bebida pra relaxar enquanto as crianças correm livremente pelo espaço que não oferece perigos. Antes de ir embora compre o mel, o doce de leite, o pó de café, a cachaça e o vinho que são produzidos ali, por eles. Assim você leva pra casa um pouco desse passeio incrível.

Não é necessário agendamento e a entrada é gratuita.

Fazenda Atalaia

A Fazenda Atalaia é uma das principais produtoras de queijos do estado de São Paulo. O lugar é lindo e os queijos mais incríveis ainda. Ela fica a cerca de 20 minutinhos da Fazenda Benedetti mencionada acima e a apenas 5 minutos da Vinícola Terrassos que mencionarei abaixo. O combo das 3 atrações são perfeitos para um dia do roteiro.

A fazenda é histórica, ambiente acolhedor, envolto pela natureza e cercado de vaquinhas que deixam as crianças doidas. Você pode agendar uma visita guiada histórica ou simplesmente contemplar o ambiente e desfrutar da cafeteria.

Os queijos da Fazenda Atalaia figuram lista de importantes restaurantes como por exemplo O Mocotó em São Paulo. E são realmente incríveis, valem cada centavo. Um patrimônio histórico e cultural do nosso estado, sem contar no carinho co que tudo é feito ali.

Dica: não saia de lá sem trazer pra casa um pedaço do queijo Tulha deles, é incrível.

Entrada totalmente gratuita e não requer agendamento, exceto se você quiser fazer o tour histórico.

Leia mais: Queijaria Rima em Porto Feliz

Vinícola Terrassos

Um vinícola especial pela vista, é surreal o local e todo arredor! Fiquei apaixonada. Os vinhos são de boa qualidade, opções secas e finas e outras doces. Você pode fazer uma degustação gratuita, almoçar no restaurante ou pedir uma cesta de picnic.

As massas são frescas e deliciosas, as cistas lindas demais! Reserve um tempo para contemplar e fotografar, acredite em mim. Especialmente se a época for de uvas nas parreiras. Não é necessário agendamento para visita e degustação porém o restaurante é bem disputado, então chegue cedo.

O piquenique começou a ser ofertado durante a quarentena pois o restaurante teve de ficar fechado. É excelente, uma cesta com duas massas, pães, caponata de berinjela e uma garrafa de vinho por R$130 incluindo uma garrafa de vinho. O piquenique precisa ser agendado.

DICA: atenção a previsão do tempo, a estradinha até a Vinícola Terrassos é de terra e com trechos complexos para dias de chuva.

Leia mais: Vinícolas em São Paulo – passeios que realmente valem a pena

Sugestão de roteiro de 3 a 6 dias

  • Dia 1: city tour pela cidade para visitar as atrações turísticas
  • Dia 2: Macaquinhos Turismo, compras e almoço na cidade
  • Dia 3: Rota Turística do Queijo e Vinho parte 1: Família Silotto, Fazenda Ouro Verde, almoço na cidade
  • Dia 4: Rota Turística do Queijo e Vinho parte 2: Sítio Chapadão, Família Carra e almoço no Sítio Rio das Pedras
  • Dia 5: Atrações na divida entre Serra Negra e Amparo: Fazenda Benedetti, Vinícola Terrassos e Fazenda Atalaia
  • Dia 6: curtir seu hotel e descansar <3

Restaurantes em Serra Negra

Aqui vai uma listinha de lugares que recomendo:

  • Restaurante Panela no Fogo – doces caseiros maravilhoso!
  • Cantina e Ristorante Famiglia Schiavo – massas frescas deliciosas, sabores bem diferentes e o melhor restaurante de Serra Negra. Chegue cedo pois a fila de espera é enorme.
  • Zeko Apokalipse Pizzaria – muito boa e com um atendimento nota MIL.
  • Restaurante Alimento e Arte – um lugar fofíssimo com sanduíches e refeições rápidas.
  • Família Gianotti – porções e cervejas com mesas pé na calçada.
  • Restaurante Morhua – comida deliciosa e bem centralizado.

Serra Negra com crianças

Diga sim para Serra Negra com crianças! É um lugar perfeito para quem viajar com os pequenos, as atrações turísticas são adequadas e há uma infra completa para famílias. Hotéis familiares em Serra Negra com berços, banheiras e áreas infantis, alguns inclusive com monitores e atividades especiais em férias e feriados.

Pela cidade é tranquilo passear com carrinho de bebê e encontrar lugares pra eles brincarem, um exemplo é a Terra da Magia que fica no final da praça onde está a entrada do teleférico. Ela conta com um playground gigante! De deixar qualquer criança afobada rs.

O único desconforto de ir com crianças é que a cidade é pequena e os horários de farmácia e supermercados são restritos. Não levei o leite do Edu pro tempo total da viagem achando que seria tranquilo comprar lá e tive que encontrar a farmácia que estava de plantão naquela noite que precisei. Ainda bem que o pessoal da pizzaria Zeko me ajudou ligando na farmácia e deixando a única lata reservada rs.