O que fazer em Évora no Alentejo – Portugal

Évora é uma cidadezinha medieval, histórica e linda. Localizada no Alentejo Português, região onde estão algumas das melhores produtoras de vinhos do país, é uma parada obrigatória para quem conhece Portugal. Nesse post vou contar o que fazer em Évora, onde se hospedar e como aproveitar tudo em apenas dois dias.




Por que conhecer Évora:

Évora é uma cidade histórica que foi declarada Patrimônio Mundial pela UNESCO, berço de civilizações milenares e que carrega muitas raízes da era Romana. Todas cercada por vinhedos e produtoras dos mais belos vinhos do Alentejo e agraciada com temperaturas amenas o ano todo e ventos frescos. A vista a Évora vale a pena por esses 3 motivos especiais: o banho de história ao conhecer os monumentos e museus, o clima alentejano e as vinícolas. Para saber mais sobre a história da cidade, visite o site Visite Évora.

Bem Vindos a Évora e Região

Como chegar:

Em nossa viagem desbravamos Portugal de carro e chegamos em Évora á partir de Lisboa. São duas horas de viagem pelas rodovias A2 e A6, estradas bem tranquilas e planas. Conforme você se aproxima da cidade belas paisagens vão aparecendo.

Veja aqui dicas para dirigir em Portugal com segurança e tranquilidade.

Onde se hospedar:

Ficamos apenas uma noite em Évora e o intuito era relaxar neste momento da viagem, com isso optamos por um hotel boutique 4 estrelas. Foi a escolha perfeita! O Vitoria Stone Hotel é bem localizado, oferece um serviço de guia que te leva até as vinícolas e atrações turísticas, tem uma decoração aconchegante, piscina, bar e saunas no último andar proporcionando uma vista incrível da cidade. Sem falar no café da manhã completíssimo e extremamente saboroso, produtos de alta qualidade e atendimento de primeira no Vitoria Stone Hotel.

Piscina do Vitoria Stone Hotel

O quarto é super aconchegante e confortável

As amenidades eram ótimas

Essa era a vista do café da manhã

Booking.com

Évora é uma cidade com hotéis excelentes, todos com decorações impecáveis, grande parte com piscinas e áreas para descanso, jardins etc. Essa é uma cidade que vale a pena investir um pouco em hospedagem. Vou dar outras dicas de hotéis além do Vitoria Stone que ficamos.

Pousada Convento de Évora: essa era minha primeira opção mas infelizmente não consegui vagas, um hotel disputadíssimo na cidade. Cinco estrelas e localizado no coração do centro, dá pra conhecer tudo caminhando (exceto as vinícolas) além de você estar hospedado em um antigo convento onde os quartos são as antigas celas dos Monges. Esse hotel é um luxo puro e com preços regulares, nada abusivo.

Foto divulgação: Booking.com

Foto divulgação: Booking.com

Ibis Hotel Évora: uma opção três estrelas de qualidade, no coração do centro e mais econômica para quem não quer gastar muito.

Ibis Foto divulgação Booking.com

Uma sugestão de hotel completo, com duas piscinas ao ar livre e envolto por paisagens é o Évora Hotel. Também 4 estrelas porém localizado um pouco mais afastado do centro da cidade. Se hospedar por aqui é para relaxar e curtir o clima Alentejano.

Évora Hotel Foto de Booking.com

O que conhecer em Évora e quanto tempo ficar:

Fiquei em Évora 1,5 dia completo, coloquei em meu roteiro visitas a duas vinícolas com pausa para almoço na cidade de Monsaraz e meio período para city tour em uma dia. Na prática não deu muito certo pois voltamos da vinícolas bem cansados e fizemos o city tour muito rapidamente. Com isso, recomendo dois dias completos na cidade: uma para conhecer as vinícolas + Monsaraz e outro para city tour.

Dia 1: city tour

Abaixo listo o que fazer em Évora dentro de seu city tour. As principais atrações turísticas ficam localizadas na região central e todas próximas, com isso dá pra fazer tudo caminhando e por conta.

  • Capela dos Ossos & Igreja de São Francisco: um local sagrado construído no século XVII para demonstrar a fragilidade do ser humano. A capela conta com uma parede repleta de ossos e vale a pena a visita, um lugar peculiar. Aqui você pode ler mais sobre esse local sagrado.
  • Templo Romano de Évora: construído no século I d.C. e quase intacto, todo perfeitinho ali no centrinho de Évora. É lindo vê-lo a noite também, pensar como era a vida naquela época.

Templo Romano de Évora

  • Sé Catedral de Évora: a maior catedral medieval de Portugal e dentro dela você pode desfrutar de um Museu de Arte Sacra.
  • Muralhas de Évora: por toda a cidade você notará pedaços de muros com a arquitetura bem antiga. A cidade, como todas as cidades romanas do século III em diante, foi cercada por muralhas para sua proteção e denominação da terra. A cidade cresceu muito além das demarcações originais da muralha mas alguns pedaços dela permanecem intactos até hoje.

Dia 2: Vinícolas e Vila de Monsaraz

Neste dia fizemos duas coisas que valeram ouro: conhecer uma pequena vinícola familiar e almoçar na cidade de Monsaraz S> S> Esses foram os dois diferenciais desse dia, fugimos um pouco dos triviais passeios guiados em virtude do tempo que tínhamos. Contratamos um motorista que nos levou até as duas vinícolas (a pequena e uma famosa) e entre elas paramos para almoçar na cidade medieval de Monsaraz, um vilarejo alto e que até hoje é todo cercado por muralhas.

Vitoria Stone Hotel fez toda a organização do passeio pra gente, não tive nenhuma dor de cabeça. Quando cheguei ao hotel o motorista estava lá, vinícolas agendas e tudo pronto.

O que fazer em Évora é sinônimo de beber bons vinhos e curtir o clima das vinícolas, por isso não deixe de colocar pelo menos uma delas dentro de seu roteiro. Se você tiver apenas um dia na região pode colocar o city tour pela manhã, almoço em Monsaraz e visita a vinícola Cartuxa na parte da tarde que fica mais próxima a cidade de Évora. Bom vamos lá, vou contar os detalhes de cada passeio:

  • Vinícola Ervideira: essa foi nossa primeira parada, partimos sentido Monsaraz passando por diversas plantações de uva até chegarmos na vinícola. Por ser familiar e pequena fomos recebidos com muito carinho pela sommelier que esbanjava paixão pela empresa e pela produção. Pudemos assistir a colheitas chegando e provamos as uvas fresquinhas, depois visitamos todo o processo produtivo com direito a subir nos tonéis e nas prensas automáticas. Fechamos o passeio com duas degustações: uma ás cegas e uma completa, com todos os vinhos da empresa.

Vinícola Ervideira

As uvas chegando logo após a colheita. Elas chegam geladinhas pois são colhidas e armazenadas em caixas resfriadas.

Uva Trincadeira

Essas são as prensas automáticas.

Momento feliz do passeio: a degustação

  • Vila Monsaraz: uma vila que parou no tempo, em uma posição alta da região da qual você terá vistas de tirar o fôlego incluindo a divida de Portugal e Espanha. E pra te deixar no clima totalmente medieval Monsaraz é toda cercada de muros antigos que protegiam a cidade e o Castelo de Monsaraz. As ruas todas de pedras com casinhas brancas de xisto, mescladas com flores coloridas, um céu que parece ser mais azul do que o normal e parreiras de uvas no fundo. Almoçar aqui foi sensacional, sabe aquele momento que você vivencia a arte do ócio? Foi isso!

Vila de Monsaraz lá to topo

Entrada da Vila de Monsaraz

As ruas são todas fofas assim

As cores, a história e a vista apaixonam em Monsaraz

E você almoça com esse cenário magnifico

Sem legendas

  • Vinícola Cartuxa: voltando de Monsaraz paramos na Cartuxa, uma das produtoras mais importantes de Portugal. A visita aqui é mais “turística”, são grupos que fazem um passeio pela vinícola original que hoje está desativada, passando pelos antigos tonéis e conhecendo um pouco mais da história da empresa, que também é familiar. No final há uma degustação de vinhos e azeites que faz o passeio todo valer a pena, a qualidade é excepcional. Você pode também comprar alguns vinhos da degustação com descontos e descansar um pouco no belo jardim em frente.

Bem vindos a Cartuxa

Seleção de vinhos e brindes na lojinha da Cartuxa

Degustação de azeites também da marca Cartuxa

Degustação de vinhos

Pudemos provar as uvas também

Esse é uma parte do jardim lindo da vinícola

Esses são os principais itens para ajudar na definição de o que fazer em Évora. Uma cidade encantadora no Alentejo Português que é mais encantador ainda. Depois contem como foi sua experiência.


Planejando sua viagem em parceria com o blog:

bookingReserve seu hotel através da Booking.com, são milhares de opções no mundo todo com garantia dos melhores preços. Conte com opções de cancelamento gratuito, pagamento antecipado e com a confiança de uma empresa com mais de 20 anos atuando com reservas de hotéis.

viatorCompre passeios guiados, privativos, transfers e ingressos com a Viator Tours. Deixe que a Vitor organiza seus passeios por você com tours privados, em grupos, saída e retorno do seu hotel, ingressos, shows, city pass, fura filas e muitas outras opções.

cxbncv7e0ug4s8cAluguel de carro no mundo todo, com descontos de até 60%, em 12x sem juros e sem cobrança de IOF através da RentCars. Ela compara todas as operadoras atuantes de seu destino oferecendo melhores tarifas e condições. Flexibilidade e segurança para suas próximas Road Trips.

Chip de celular internacional com cobertura em mais de 140 países, pré pago, internet 4G ilimitada, comprado aqui no Brasil e entregue em sua casa antes de sua viagem. A EasySim 4 U presta esse serviço maravilhoso para você já chegar conectado em seu destino.

Gostou do post: O que fazer em Évora no Alentejo Português ? Então deixe seu comentário ali embaixo!!

Sobre Luciana de Campos Assis

Turistar é minha vida! Cada viagem é única, transformadora e sempre apaixonante! Um vício mais do que delicioso! Já conheci cerca de 20% desse mundo; 122 cidades visitadas em 31 países e a parte mais gostosa é voltar pra casa e contar todos os detalhes aos leitores da Turistando com a Lu.

12 comentários

  1. Olá Boa Noite!

    Estamos indo a Lisboa e queremos muito ir a Évora, meu marido é apaixonado pela região. Só que estamos com o tempo apertado. Vi que citou um motorista que os levou nas vinícolas. Você teria o contato? Outra dúvida, vocês fizeram as três vinícolas (Ervideira, Vila Monsaraz e Cartuxa) em um dia? Se sim, onde você nos indica almoçar?

    • Olá Tereza. Quem fez todo o agendamento foi o hotel Vitoria Stone, você pode entrar em contato com eles (vou deixar o link abaixo). Que aliás é um excelente hotel 🙂 O que fizemos foi Ervdeira pela manhã, almoçamos na cidade de Mosaraz que é uma vila lindinha e tem vários restaurantes pé na calçada e fechamos o dia na Cartuxa. O bom de fazer com o hotel é que eles agendam tudo; motorista, vinícolas etc. Você só vai precisar entrar no carro e se divertir rs.
      Qualquer coisa me avisa, se o hotel não puder ajuda-la.
      Beijos
      https://www.booking.com/hotel/pt/vitoria-hotel.pt-br.html?aid=805844

  2. Vou a Portugal no mês que vem e não havia incluído Évora, mas o seu post está me fazendo rever meus planos! Amei!

  3. Post super completinho! Muito bom! Já salvei aqui pra consultar na próxima ida à Évora!

  4. Que delícia de post. Gostei especialmente das dicas das vinícolas

  5. Adorei o roteiro e as fotos, super bem detalhado e cheio de dicas importantíssimas. Portugal é um destino incrível, vou guardar este guia como referência!

  6. adorei o roteiro Lu, quero muito conhecer Evora. As amenidade do hotel são as mesmas que tínhamos no nosso hotel daqui da Inglaterra, acho o aroma incrível!

  7. A vila de Monsaraz está há muito tempo na minha lista, por causa das imagens que já vi dessa localidade. Aliás, o Alentejo é a única região portuguesa que não está bem representada lá no blog. Depois do seu relato, a minha vontade de ir explorar o sul redobrou.
    Abraço

  8. Um lugar lindo para visitar e com muitas opções de passeios. Visitaria com certeza!

  9. Tenho muita vontade de conhecer Portugal e, com certeza, Évora está no roteiro! Adoraria ver o templo romano! 🙂

  10. Que delícia de lugar! Me lembrou Óbidos. Ai, que fofura. Lindas fotos e eu adorei o post, muito completo, muito bom mesmo. Parabéns!

  11. Adorei o guia do que fazer em Évora. Confesso que fiquei salivando nesse passeio de vinícola! hahaha.. Portugal parece ser incrível!

Deixe seu comentário aqui