Descubra porque Nagano no Japão é tão querida pelos turistas

Nagano no Japão está localizada na região de Chubu, ilha de Honshu a cerca de 200kms de Tóquio. A cidade atrai turistas e fotógrafos do mundo todo em virtude de uma atração bem peculiar: o parque Jigokudani onde macacos da montanha tomam banhos termais. Um lugar lindo e surpreendente em todos os sentidos, adorei o Jigokudani, as outras atrações turísticas e também me joguei na gastronomia local.

nagano-japao-jigokudani-25

Jigokudani em Nagano no Japão

Um destino digno de ser visitado durante o inverno. Região onde estão 9 das 12 montanhas mais altas do Japão e consequentemente as melhores estações de esqui do país. Foi sede dos Jogos Olímpicos de Inverno em 1998 deixando um excelente legado em termos de infra turística para a cidade.

Se você vai ao Japão em temporada de frio vale a pena incluir Nagano no roteiro, um destino bem diferente e que não está tão longe das principais cidades turísticas do país. Vou organizar o post em partes para facilitar o planejamento de sua viagem 🙂

Quando ir, como chegar e quantos dias ficar:

Recomendo viajar entre os meses de novembro e fevereiro, durante o inverno japonês. Assim você garante a paisagem típica repleta de neve, estações de esqui abertas e macaquinhos lindos se aquecendo nas águas termais.

nagano-japao-jigokudani-16

Caminhando por Nagano no Japão durante o mês de Janeiro

Sugiro 4 dias na região: 2 para city tour incluindo uma tarde em algum onsen (banho termal), 1 para estação de esqui e 1 para visitar o parque Yamanouchi com calma, onde está o Jigokudani Monkey Park. Mesmo que você não goste de esquiar acho que vale a pena passar um dia em Hakubo, uma vila linda aos pés da principal estação de esqui da região.

Trem: melhor maneira chegar até Nagano é com trem de alta velocidade (shinkansen) partindo das principais cidades (Tóquio, Nagoya e Osaka). As linhas são operadas pela companhia JR pelo nome de Hokuriku Shinkansen e leva cerca de 1,5 hrs partindo de Tóquio e custa 8000 yenes. Veja aqui todos os detalhes partindo de outras cidades, como comprar etc.

Hospedagem:

Me hospedei no Toyoko Inn Nagano, é um hotel padrão Ibis de conforto; limpinho, quente (por que ninguém merece passar frio em hotel), com café da manhã incluso nas diárias e atendentes que falem inglês (esse último ponto sempre ajuda rs). Durante todas as minhas viagens pelo Japão sempre procurei hotéis da rede Toyoko Inn pela segurança, confiança e também por um cartão fidelidade que a cada 10 diárias uma saia de graça.

Booking.com

toyoko-inn-nagano-eki-zenkoji-guchi-photos-room-hotel-information

Toyoko Inn Nagano Eki – fonte da foto do site do hotel

Como circular pela cidade:

Você pode acessar grande parte das atrações de trem com o Nagaden Nagano Electric Railway, aqui você pode baixar os mapinhas todos. Um ponto de atenção em relação ao transporte é que alguns lugares são mais distantes e requerem troca de trens, como o próprio Jigokudani.

Atrações turísticas:

Yamanouchi & Jigokudani Monkey Park é na minha opinião a atração mais interessante de todas. Você vai caminhar por 1,6kms em meio a uma paisagem estonteante de neve sob pinheiros, pontes, riachos e algumas casas. No meio do caminho talvez você já cruze com alguns macaquinhos que irão te “vistoriar”, eles param ao seu lado, olham bem pra você e até fazem pose pra fotos.

nagano-japao-jigokudani-20

Já dentro do parque Yamanouchi a caminho do Jigokudani

nagano-japao-jigokudani-21

Paisagem dentro do Yamanouchi a caminho do Jigokudani

Você segue a caminhada até que de repente chega ao “onsen” deles, uma piscina natural de águas termais quentinhas em que eles relaxam, caçam piolhos uns nos outros, se aquecem, carregam seus bebes e fazem muita pose para as fotos de dezenas de turistas curiosos. A entrada ao Jigokudani custa 800 yenes e pode ser adquirida na hora.

Dentro do parque também há outras atrações como esqui resort Shiga Kosen, o maior do Japão. Se você dedicar um dia todo ao Yamanouchi pode aproveitar além dos macaquinhos, importante ficar atento ao planejamento de transportes para ir de um lugar ao outro.

nagano-japao-jigokudani-2

Monkey Park – Jigokudani

nagano-japao-jigokudani-3

Pose para a foto rs

nagano-japao-jigokudani-4

Mamãe e filhinho S>

Kiso Valley uma vila histórica com construções datadas do período Edo aos pés das montanhas.

Castelo de Matsumoto o segundo maior castelo do Japão.

matsumoto

Castelo de Matsumoto Fonte da foto: japan-guide.com

Hakuba é um dos principais esqui resorts da cidade por ter pistas infantis, para iniciantes e até algumas mais difíceis. Outro ponto forte de Hakuba é a vila aos pés da estação, com muitos hotéis, restaurantes, lojas etc. Parte desse desenvolvimento da vila se deve ao fato de alguns jogos das olimpíadas de inverno em 1998 terem sido aqui.

nagano-japao-jigokudani-10

A vila próxima a entrada da estação de esqui em Hakuba

nagano-japao-jigokudani-9

Os carros passam normalmente por essas ruazinhas em Hakuba

hakuba

Por dentro da estação de esqui – Hakuba Fonte da foto japan-guide.com

Espaço Olímpico onde ocorreram parte dos jogos em 1998.

nagano-japao-jigokudani-6

Espaço Olímpico M-Wave de 1998

nagano-japao-jigokudani-8

Estádio Olímpico

Nozawa Onsen, uma tradicional casa de banhos japonesa, conhecidas como “hot springs” em inglês. Uma experiência bem interessante em que você relaxa em águas termais.

Kamikochi região conhecida por ter a mais bela paisagem montanhosa do Japão.

kamikochi

Kamicochi Fonte da foto japan-guide.com

O que comer:

Shinshuu Soba – macarrão de trigo sarraceno servido com frio ou quente com molho bem suave de peixei.

soba

Soba Noodles – esse foi feito em casa mas coloquei aqui para vocês terem uma noção de como é 🙂

Dicas especiais:

O parque dos macacos se chama Jigokudani Monkey Park e fica dentro do parque Yamanouchi que por sua vez é imenso, então descer na estação correta do trem é primordial. E mesmo descendo na estação mais próxima você já vai garantir pelo menos meia horinha de caminhada até as termas.

Alguns onsens e estações de esqui estão no mapinha do trem indicado neste post, caso não estejam é importantíssimo validar com o hotel como chegar até lá, podem estar em montanhas mais distantes e aí talvez você precise contratar um transfer privado.

Acho que é isso. Aproveitem mais fotos e um vídeo de lá…

nagano-japao-jigokudani-15

As ruas da cidade de Nagano ficam todas branquinhas

nagano-japao-jigokudani-11

Caminhada de 1,6km dentro do parque Yamanouchi para chegar até o Jigokudani Monkey Par

nagano-japao-jigokudani-12

Fofo s>

nagano-japao-jigokudani-13

Mais fofura

nagano-japao-jigokudani-18

Durante a caminhada até o onsen dos macaquinhos em Jigokudani

nagano-japao-jigokudani-19

A turminha que fez o passeio comigo e meu marido

nagano-japao-jigokudani-22

Mapa do parque Yamanouchi

nagano-japao-jigokudani-26

Que bagunça boa rs

nagano-japao-jigokudani-27

Relaxando…

nagano-japao-jigokudani-5

Caçando piolho rs


Planejando sua viagem em parceria com o blog:

bookingReserve seu hotel através da Booking.com, são milhares de opções no mundo todo com garantia dos melhores preços. Conte com opções de cancelamento gratuito, pagamento antecipado e com a confiança de uma empresa com mais de 20 anos atuando com reservas de hotéis.

viatorCompre passeios guiados, privativos, transfers e ingressos com a Viator Tours. Deixe que a Vitor organiza seus passeios por você com tours prividos, em grupos, saída e retorno do seu hotel, ingressos, shows, city pass, fura filas e muitas outras opções.

cxbncv7e0ug4s8cAluguel de carro no mundo todo, com descontos de até 60%, em 12x sem juros e sem cobrança de IOF através da RentCars. Ela compara todas as operadoras atuantes de seu destino oferecendo melhores tarifas e condições. Flexibilidade e segurança para suas próximas Road Trips.

Seguro viagem com 5% de desconto através da Segurospromo. Assim você pode ficar tranquilo com coberturas médicas e hospitalares durante sua viagem. Use o cupom turistacupom5 nos links e banners publicados aqui no blog e receba o desconto no valor total da compra.

Chip de celular internacional com cobertura em mais de 140 países, pré pago, internet 4G ilimitada, comprado aqui no Brasil e entregue em sua casa antes de sua viagem. A EasySim 4 U presta esse serviço maravilhoso para você já chegar conecta

Sobre Luciana de Campos Assis

Turistar é minha vida! Cada viagem é única, transformadora e sempre apaixonante! Um vício mais do que delicioso! Já conheci cerca de 20% desse mundo; 122 cidades visitadas em 31 países e a parte mais gostosa é voltar pra casa e contar todos os detalhes aos leitores da Turistando com a Lu.

11 comentários

  1. Nossaaa! Que lugar lindo e frio! Eu já vi vários vlogs desse lugar e acho tão lindo como fica no inverno. E esses macacos devem ser uns bagunceiros pelo jeito, hahaha
    é um lugar que dá vontade mesmo de ir! Adorei Lu, beijos

  2. Nossa, Lu, que post incrível, fiquei maravilhada com a experiência de vocês. Já tinha visto fotos deste lugar, mas não sabia que era um parque que podia ser visitado. Uma dica excelente.

  3. Sou louca pra conhecer o Japão (tá no meu top 3) mas não tinha considerado ir no inverno. Adorei ver as fotos e qta coisa legal pra ver e fazer por lá mesmo com tudo branquinho!

  4. Que Demais!!! Lugar super interessante… deu vontade de conhecer.

  5. Que experiência incrível. Ainda um sonho para nós. Vamos realizar.

  6. Cara, que nevasca foi esse!? Deixaram as fotos lindas, mas deve ter sido uma bela de uma experiência hein… Não deu vontade de pular no banho com os macacos não? 😛

  7. Nunca imaginei que o Japão tinha lugares tão incríveis! Confesso que não era dos primeiros destinos na minha listinha, mas me surpreendi bastante. Ótimo post e dicas!!! Parabéns!

  8. Adoro ler relatos e experiência que fazem a gente viajar e imaginar o lugar. Confesso que nunca fui para o Japão e também não tinha muitas expectativas de ir. E o mundo dos blogs vem me despertando cada dia mais essa vontade. Parabéns pelas fotografias, estão lindas também.

  9. Amei o post e as dicas, morremos de vontade de visitar o Japão e nunca tinha pensado em incluir esse passeio. Adorei!

    Clau

  10. Que lugar interessante! Essa história dos macacos tomando banho quente é demais! E o frio, menina?!!!! Será que eu encaro?

Deixe seu comentário aqui

%d blogueiros gostam disto: